saneamento basico
Blindagem Valas Estroncas Flexíveis

Sistema de Blindagem de Valas com Estroncas Flexíveis

Blindagem Valas Estroncas Flexíveis

A execução de obras enterradas em centros urbanos apresenta uma série de desafios técnicos e operacionais onde, além do suporte adequado dos taludes e proteção dos trabalhadores, alguns requisitos adicionais precisam ser observados:

  • Uma redução da recomposição de pavimento e volumes de bota fora
  • Causa uma diminuição de distúrbios ao trânsito e comunidade local
  • Preservação das estruturas vizinhas

Primeiramente para a execução de trabalhos neste tipo de ambiente, o sistema de Blindagem de Vala Europeu tem características técnicas desenvolvidas para atender aos requisitos da execução de obras em locais densamente urbanizados, com foco na preservação do meio ambiente e estruturas adjacentes.

Foto 1 – Obra urbana executada com blindagem tipo européia

Portanto o sistema europeu conta com sistema de estroncas flexíveis com molas mecânicas de alta carga. Que atuam como rótulas estruturais com grau de liberdade controlado, que mantem o paralelismo das placas durante as operações de instalação e saque.

Então o sistema de estroncas flexíveis foi desenvolvido na Europa onde a maior parte das intervenções são executadas em áreas urbanas. Então o sistema permite a instalação das placas com escavação pelo interior do equipamento, mantendo o talude sempre escorado à medida que avança a profundidade, mantendo assim as condições de segurança em todas as etapas da escavação.

Sistema Europeu X Americano

Segundo o sistema de blindagem de vala americano foi desenvolvido para trabalhos de implantação de raiz, onde toda a infraestrutura é executada antes da urbanização, também conhecidas como obras tipo Green Field.

Figura 2 – Forças atuantes durante retirada sistema Americano (E) vs Europeu (D)

Ademais estes equipamentos possuem estroncas rígidas, montadas pelo acoplamento de tubos mecânicos metálicos às placas, por meio de pinos verticais. A rigidez do conjunto, faz com que seja necessário sobrecorte, aumentando a área de recomposição do pavimento, volumes de escavação, reaterro e bota-fora. Na hora do saque, o engaste das estroncas no sistema americano aumenta o esforço de retirada potencializando os riscos de trincas e danos às estruturas adjacentes.

Pois o sistema europeu apresenta vantagens para o escoramento de valas em obras urbanas em relação ao sistema  americano. Exigem menor sobrecorte preservando as estruturas adjacentes  e reduzindo a necessidade de recomposição de pavimento. Seu uso reduz o custos, como de de bota fora por exemplo, e causam menos distúrbios às atividades da comunidade e trânsito local.

Segurança das Equipes

Mas a utilização de escoramentos para sustentação do solo durante as escavações é obrigatória de acordo com a legislação brasileira.

Em conclusão as blindagens da Escoramento.com têm sua capacidade de carga dimensionada para suportar cargas de 42 KN/m (Blindagem Pesada) e 32 KN/m (Blindagem Leve), desta forma o profissional responsável pela execução das obras sabe qual o limite de esforço a ser aplicado para garantia da segurança dos trabalhos no interior da vala.

Ademais as Blindagens de vala são utilizadas para contenção das paredes da escavação, conferindo estabilidade ao talude evitando assim acidentes que podem ser fatais.

Blindagem Leve

Uso com retroescavadeira, versatilidade em obras urbanas

Em suma as blindagens leves da Escoramento.com foram projetadas para execução de trabalhos com retroescavadeiras. Podendo ser utilizadas para escavações de até 1,65m de profundidade, o que as tornam muito versáteis para o uso em obras em centros urbanos onde existe limitação de espaço.

Foto 3 – Execução de coletor em PVC com Blindagem tipo Leve

Confira o conteúdo em vídeo aqui.

Últimas Notícias: