saneamento basico
mbbr

O que é MBBR e como ele funciona no tratamento de efluentes?

MBBR é a sigla para Moving Bed Biofilm Reactor, ou seja, Reator de Biofilme em Leito Móvel. Trata-se de uma tecnologia de tratamento biológico de efluentes que combina os sistemas de lodos ativados e de biofilme.

Como o MBBR funciona no Tratamento de Efluentes?

O princípio do MBBR é simples. Dentro do tanque de aeração são colocadas pequenas peças plásticas chamadas de biomídias, que têm baixa densidade e grande área superficial. Essas biomídias servem como suporte para o crescimento de micro-organismos que degradam a matéria orgânica e removem os nutrientes do efluente; elas ficam em constante movimento dentro do tanque, graças à aeração ou à agitação mecânica.

QUER SE APROFUNDAR NO ASSUNTO? FAÇA A INSCRIÇÃO NO CURSO DE LODOS ATIVADOS

Uma das vantagens do MBBR é que ele não precisa de recirculação ou decantação do lodo, pois o biofilme fica retido nas biomídias, reduzindo o volume e a área necessários para o tratamento. Quer conhecer mais sobre este tema? Participe do curso Lodos Ativados, MBR e MBBR, promovidos pelos portais Saneamento Básico e Tratamento de Água, juntamente com o Hydrus.

Fonte: Alexandre Lopes.

Últimas Notícias:
Risco Ambiental Fármacos Esgoto

Avaliação de risco ambiental de fármacos e desreguladores endócrinos presentes no esgoto sanitário brasileiro

Este estudo investigou a ocorrência, remoção e impacto na biota aquática de 19 contaminantes de preocupação emergente (CEC) comumente reportados no esgoto brasileiro bruto e/ou tratado. Para 14 CEC (E1, E2, EE2, GEN, DCF, PCT, BPA, IBU, NPX, CAF, TMP, SMX, CIP, LEV), sua presença em esgoto tratado apresentou um alto risco ambiental em pelo menos 2 dos 6 cenários de diluição considerados.

Leia mais »
greenTalks Sustentabilidade de Embalagens

greenTalks entrevista Bruno Pereira, CEO da Ecopopuli, sobre sustentabilidade de embalagens

O segundo episódio da temporada 2024 do videocast greenTalks – uma iniciativa pioneira entre a green4T e NEO MONDO para discutir o papel fundamental da tecnologia na promoção de um futuro mais sustentável – tem como entrevistado especial Bruno Pereira, Especialista em Sustentabilidade Positiva, Líder do Comitê de Sustentabilidade da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) e CEO da Ecopopuli.

Leia mais »
Gestão Resíduos Sólidos Urbanos

Estudo aponta caminhos para a gestão de resíduos sólidos urbanos

Apenas a cidade de São Paulo produz cerca de 20 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU) todos os dias, sendo 12 mil domiciliares e 8 mil da limpeza urbana, decorrentes de atividades de varrição, recolhimento de restos de feiras, podas e capinas. Considerando somente as 12 mil toneladas produzidas nas residências, isso dá uma média de aproximadamente 1 quilo de lixo por habitante ao dia.

Leia mais »