saneamento basico
Organizações Sustentabilidade Hídrica

Organizações alertam sobre compromisso com a sustentabilidade hídrica

Organizações Sustentabilidade Hídrica

Primeiramente a Fundação We Are Water, em parceria com a ONG Visão Mundial (World Vision), realizou seu primeiro evento no Brasil, focado na universalização do saneamento e da segurança hídrica brasileira. O encontro aconteceu no dia 16 de novembro, em São Paulo, e reuniu diversos nomes de líderes de ESG, além de empresas e organizações do setor privado para debaterem sobre sustentabilidade hídrica.

O evento foi palco de debates como o crescimento da demanda do uso da água, a falta de acesso ao saneamento básico e água potável no Brasil.

Outro tópico abordado na discussão foi o novo Marco Legal do Saneamento, aprovado em 2020, que visa alavancar até 700 bilhões de reais em investimentos para a melhoria dos serviços de saneamento básico e a sua democratização, por meio de empresas privadas.

Mas o gerente do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6 do Pacto Geral da ONU, Rubens Filho, trouxe temáticas relevantes sobre a sustentabilidade hídrica. Rubens reiterou que o consumo e o uso de águas vai aumentar significativamente no Brasil até 2030, e que é necessário que as empresas comecem a atender às demandas de sustentabilidade para além da neutralização de carbono.

Em conclusão Thiago Crucciti, diretor da organização Visão Mundial no Brasil, relatou a história de um garoto de 7 anos do Amazonas, João, que vivia com apenas 200 ml de água por dia. Após uma década do início da atuação da Visão Mundial na região, o jovem garoto virou confeiteiro e abriu seu próprio restaurante. Thiago dá ênfase à importância do acesso à água, já que isso dignifica o ser humano.

LEIA TAMBÉM: 9 milhões de moradias no Brasil não possuem acesso à rede geral de água

Organizações Sustentabilidade Hídrica

Pois um número alarmante apresentado pela Luana Pretto, do Instituto Trata Brasil, é que 51 milhões de brasileiros não recebem água diariamente e 33 milhões não possuem acesso a água e saneamento. Os dados comprovam a necessidade de medidas urgentes que deem conta da demanda de água e saneamento básico para a população brasileira.

Em suma o evento dialoga diretamente com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, principalmente com o ODS 6, que diz respeito à água potável e saneamento. Luiz Cláudio Pinto, Diretor da We Are Water Brasil, destacou a importância vital do compromisso com a sustentabilidade hídrica.

“O evento faz parte da estratégia da Fundação We Are Water, criada em 2010 para apoiar projetos de acesso à água e saneamento e levar ao público informações sobre a questão da sustentabilidade hídrica, sensibilizando as pessoas por meio do conhecimento”, comenta Luiz Claudio Pinto, diretor da fundação We Are Water no Brasil.

A Fundação

Portanto a Fundação We Are Water é uma organização internacional que atua em diversos países e se formou por meio de uma iniciativa do Grupo Roca em 2010. A ONG atua em prol da solução de problemas decorrentes da falta de água e saneamento ao redor do mundo.

Contudo a ONG Visão Mundial conhecida internacionalmente como World Vision, atua no combate à pobreza e a injustiça das crianças, suas famílias e suas comunidades. A organização trabalha no Brasil desde 1975 com projetos e programas voltados à crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

Fonte: Observatório.

Últimas Notícias:
Risco Ambiental Fármacos Esgoto

Avaliação de risco ambiental de fármacos e desreguladores endócrinos presentes no esgoto sanitário brasileiro

Este estudo investigou a ocorrência, remoção e impacto na biota aquática de 19 contaminantes de preocupação emergente (CEC) comumente reportados no esgoto brasileiro bruto e/ou tratado. Para 14 CEC (E1, E2, EE2, GEN, DCF, PCT, BPA, IBU, NPX, CAF, TMP, SMX, CIP, LEV), sua presença em esgoto tratado apresentou um alto risco ambiental em pelo menos 2 dos 6 cenários de diluição considerados.

Leia mais »
greenTalks Sustentabilidade de Embalagens

greenTalks entrevista Bruno Pereira, CEO da Ecopopuli, sobre sustentabilidade de embalagens

O segundo episódio da temporada 2024 do videocast greenTalks – uma iniciativa pioneira entre a green4T e NEO MONDO para discutir o papel fundamental da tecnologia na promoção de um futuro mais sustentável – tem como entrevistado especial Bruno Pereira, Especialista em Sustentabilidade Positiva, Líder do Comitê de Sustentabilidade da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) e CEO da Ecopopuli.

Leia mais »
Gestão Resíduos Sólidos Urbanos

Estudo aponta caminhos para a gestão de resíduos sólidos urbanos

Apenas a cidade de São Paulo produz cerca de 20 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU) todos os dias, sendo 12 mil domiciliares e 8 mil da limpeza urbana, decorrentes de atividades de varrição, recolhimento de restos de feiras, podas e capinas. Considerando somente as 12 mil toneladas produzidas nas residências, isso dá uma média de aproximadamente 1 quilo de lixo por habitante ao dia.

Leia mais »