saneamento basico
Ambiental Ceará e Banco do Nordeste Saneamento

Ambiental Ceará e Banco do Nordeste assinam contrato de R$ 556 milhões para financiar obras de saneamento para cearenses

Ambiental Ceará e Banco do Nordeste Saneamento

Primeiramente mais qualidade de vida para os cearenses. Um contrato de financiamento assinado, na segunda-feira (11), entre a Ambiental Ceará e o Banco do Nordeste vai garantir R$ 556 milhões para operação e obras de infraestrutura de esgotamento sanitário nas cidades atendidas pela Parceria Público-Privada (PPP) firmada com a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece). A parceria foi celebrada no Palácio da Abolição, em Fortaleza.

Na oportunidade, estiveram presentes a vice-governadora do Ceará, Jade Romero; o presidente do BNB, Paulo Câmara; o presidente da Cagece, Neuri Freitas; o diretor-presidente da Ambiental Ceará, André Facó; o vice-presidente Regional da Aegea, Renato Medicis; e outras autoridades.

Representando o governador Elmano de Freitas, a vice-governadora Jade Romero destacou a atuação em parceria para universalizar o esgotamento sanitário e construir um Ceará melhor para as futuras gerações. “Essa iniciativa vai ser imprescindível para que a gente possa atender esses 17 municípios, em especial na questão relacionada ao saneamento. Desses lares que serão impactados pela universalização do saneamento, 50% são chefiados por mulheres. Essas famílias serão impactadas com saúde, geração de emprego, educação e outras oportunidades. Nosso desafio é trazer dignidade à população cearense, olhando para quem é mais vulnerável “.

Ademais a Ambiental Ceará, subsidiária da Aegea, é responsável pela ampliação, operação e manutenção do sistema de esgotamento sanitário. Essa operação atende 24 municípios das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri. A PPP atende 4,3 milhões de cearenses e, ao todo, R$ 6,2 bilhões serão investidos em obras. A PPP visa promover o avanço do esgotamento sanitário para 90% da população até o ano de 2033, avançando para 95% em 2040.

Pois o financiamento com o BNB está atrelado ao atingimento das metas de universalização do esgotamento sanitário, definidas pelo Novo Marco Legal do Saneamento. Os recursos serão utilizado em 17 das 24 cidades onde a Ambiental Ceará atua:

  • Maracanaú,
  • Aquiraz,
  • Cascavel,
  • Chorozinho,
  • Eusébio,
  • Guaiúba,
  • Horizonte,
  • Itaitinga,
  • Maranguape,
  • Pacajus,
  • Pacatuba,
  • Juazeiro do Norte,
  • Barbalha,
  • Missão Velha,
  • Farias Brito,
  • Nova Olinda,
  • Santana do Cariri.

Ambiental Ceará e Banco do Nordeste Saneamento

De acordo com Paulo Câmara, presidente do BNB, apoiar a universalização do esgotamento sanitário nos estados do Nordeste é uma prioridade para a instituição. “Há uma determinação muito clara do presidente Lula: o Banco deve priorizar aquilo que fosse estruturante e as relações com os estados e municípios da nossa região. O investimento que será feito em saneamento vai garantir muita economia na saúde pública nos próximos anos. O Banco está aberto a essas ações. Vamos priorizar muito nos próximos anos ações como essa que está sendo feita sob a liderança do Governo do Ceará”, garantiu.

Mas André Facó, diretor-presidente da Ambiental Ceará, ressaltou o impacto socioeconômico da ampliação do acesso à água tratada e à coleta de esgoto. “Temos feito o nosso planejamento de obras olhando muito o que o próprio edital já estabeleceu, mas, principalmente, dialogando com a população e os prefeitos, sendo que cada cidade tem uma dinâmica diferente. Para isso, temos escutado as principais dores de cada local, para resolver problemas históricos”, afirmou.

Portanto o Presidente da Cagece, Neuri Freitas, falou sobre o planejamento da universalização para alcançar as metas. “Dos 152 municípios onde atuamos, temos a PPP com 24, e para os demais 128 já iniciamos estudos para identificar valor a ser investido, para a formatação de um contrato. Em seguida, vamos passar por processos técnicos e discussão dentro do Conselho Gestor de PPP do Estado e do TCE, para em seguida sair com uma nova licitação similar à que fizemos anteriormente. A partir disso, obviamente, trazemos para dentro desse processo o agente financeiro”.

PPP do esgotamento sanitário

Em suma a parceria da Cagece via PPP, a Ambiental Ceará já implantou quase 50 km de novas redes de coleta de esgoto, viabilizando a conexão de mais de 32,7 mil imóveis ao sistema de esgotamento sanitário, nas cidades das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri, incluindo a Capital. Além disso, a empresa realizou melhorias nas Estações de Tratamento e Elevatórias de Esgoto (ETEs e EEEs), e está seguindo um cronograma de limpeza e desobstrução de redes pré-existentes.

Contudo a operação é acompanhada, 24h por dia, a partir dos Centros de Operação Integrada (COI), instalados em Fortaleza, Maracanaú e Juazeiro do Norte. A partir dessas unidades, mais de 400 equipamentos, entre ETEs e EEEs, são acompanhados e operados remotamente. Bem como as rotinas das equipes na rua, corrigindo falhas no menor tempo possível e prevenindo problemas. É também a partir do COI que são monitorados alguns Poços de Visitas (PVs), mais popularmente conhecidos como tampas de esgoto. Equipados com sensores que enviam alertas de volume e previnem extravasamentos.

Fonte: Ceará.

Últimas Notícias:
Bentley Infraweek Brasil 2024

Bentley Systems Infraweek 2024

INFRAWEEK BRASIL é um Evento Online GRATUITO organizado anualmente pela Bentley Systems, onde são apresentados Projetos Inovadores, Tendências e Conhecimentos na área de Tecnologia de Infraestrutura.

Leia mais »