saneamento basico

Governo autoriza obras de abastecimento e saneamento na Arso 92

O Governo do Estado, por meio da SCidades – Secretaria das Cidades, Habitação e Desenvolvimento Urbano, publicou nesta quarta-feira, 14, ordem de serviço para a empresa NA Participações e Empreendimentos implantar redes de distribuição de água e de coleta de esgoto sanitário na quadra Arso 92, em Palmas.

As obras, que são vinculadas aos empreendimentos habitacionais do Programa Pró-Moradia em execução na Capital, tem investimento previsto de R$ 750.960,62, oriundo do Tesouro Estadual e vai atender 800 apartamentos e 218 casas, beneficiando 1.018 famílias e aproximadamente 44.700 pessoas. A empresa tem 15 dias para iniciar as obras e 180 para conclusão, a partir da emissão da ordem de serviço.

Este é o segundo lote a receber ordem de serviço, o primeiro foi divulgado no início de abril deste ano, para a quadra Arso 131. Outros lotes serão autorizados para as quadras ALCNO 33 e ALCNO 43 (implantação de redes de distribuição de água e de coleta de esgoto sanitário, drenagem de águas pluviais, pavimentação com sinalização e calçadas de vias).

Nas últimas duas quadras serão atendidos 448 apartamentos e cerca de 19.712 pessoas. As obras totalizarão 64.412 cidadãos beneficiados.

Fonte e Agradecimentos: Surgiu
Veja Mais: http://surgiu.com.br/noticia/153068/governo-autoriza-obras-de-abastecimento-e-saneamento-na-arso-92.html

Últimas Notícias:
greenTalks Sustentabilidade de Embalagens

greenTalks entrevista Bruno Pereira, CEO da Ecopopuli, sobre sustentabilidade de embalagens

O segundo episódio da temporada 2024 do videocast greenTalks – uma iniciativa pioneira entre a green4T e NEO MONDO para discutir o papel fundamental da tecnologia na promoção de um futuro mais sustentável – tem como entrevistado especial Bruno Pereira, Especialista em Sustentabilidade Positiva, Líder do Comitê de Sustentabilidade da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) e CEO da Ecopopuli.

Leia mais »
Gestão Resíduos Sólidos Urbanos

Estudo aponta caminhos para a gestão de resíduos sólidos urbanos

Apenas a cidade de São Paulo produz cerca de 20 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU) todos os dias, sendo 12 mil domiciliares e 8 mil da limpeza urbana, decorrentes de atividades de varrição, recolhimento de restos de feiras, podas e capinas. Considerando somente as 12 mil toneladas produzidas nas residências, isso dá uma média de aproximadamente 1 quilo de lixo por habitante ao dia.

Leia mais »
Lei do Bem Cagece

Lei do Bem: Cagece alcança R$ 3,6 milhões em benefícios fiscais através de investimentos em projetos de inovação tecnológica

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) é pioneira no Ceará em aliar os investimentos em projetos de inovação tecnológica e transformá-los em benefícios fiscais. Por meio da chamada “Lei do Bem” (nº 11.196/2005), a companhia conseguiu rastrear e inserir junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação um total de R$ 17 milhões, aportados em projetos de inovação nos últimos três anos, rendendo um retorno total de R$ 3,6 milhões em benefícios.  

Leia mais »
Política de Gerenciamento Resíduos Sólidos

Política de gerenciamento de resíduos sólidos em instituições públicas

O presente estudo aborda a problemática ambiental da geração de resíduos sólidos e a inadequação do gerenciamento destes nas instituições públicas. Considerando as limitações das opções de destinação final para os resíduos, é imprescindível minimizar as quantidades utilizadas dentro destas organizações por meio da redução, reutilização e reciclagem. Diante da Política Nacional de Resíduos Sólidos e em consonância com a agenda 2030, busca-se contribuir e apontar caminhos para o enfrentamento da grave questão.

Leia mais »