saneamento basico
Águas do Rio Investe em ETE

Águas do Rio recebe reconhecimento internacional por projeto de impacto econômico, social e ambiental

Águas do Rio recebe reconhecimento internacional

Com atuação em 27 municípios fluminenses, a Águas do Rio ultrapassou as fronteiras do país e conquistou o reconhecimento internacional pelos esforços, investimentos e estratégias para universalizar o saneamento no Estado do Rio de Janeiro, além da contribuição para geração de milhares de empregos e recuperação ambiental.

Aumento da cobertura de água e esgoto, recuperação do meio ambiente e geração de empregos garantem a certificação da Blue Dot Network 

A concessionária, que é responsável pelos serviços de água e esgotamento sanitário, foi indicada em função dos projetos de implantação de infraestruturas que levam em consideração a transparência financeira, a sustentabilidade ambiental e o impacto no desenvolvimento econômico. A certificação da Blue Dot Network é uma iniciativa multissetorial formada por EUA, Japão, Reino Unido e Austrália e coordenada pela OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

Entre as iniciativas de sucesso está o Programa Vem Com a Gente, que viabiliza o acesso à água e ao serviço de esgoto, principalmente nas áreas mais vulneráveis, como nas comunidades. Os agentes vão de casa em casa mapeando a região e realizando melhorias operacionais. Em uma força-tarefa com outras áreas da companhia, como a de Responsabilidade Social, eles também fazem a regularização de cadastros e a inclusão de moradores na Tarifa Social. Hoje, na Águas do Rio, 371 mil famílias possuem esse benefício e 250 mil pessoas passaram a ter água tratada e encanada pela primeira vez.

LEIA TAMBÉM: Financiamento de R$ 19,3 bi para Águas do Rio é o 2º maior da história do BNDES

Também mereceu destaque a geração de mais de 8 mil empregos – 4,5 mil deles em comunidades onde a Águas do Rio atua. Um desses contratados é Clayton Guilherme da Silva, que trabalha como supervisor comercial. Morador do Parque Arará, em Benfica, na Zona Norte carioca, ele atua diretamente com lideranças comunitárias da região ouvindo e resolvendo as demandas da população local.

“Estou muito feliz por esse trabalho, porque, além do emprego, eu ajudo a melhorar a vida na minha comunidade, levando água tratada para minha família, vizinhos e todos da região. Eu, que vi minha mãe e irmã tendo que pegar água com balde para levar para dentro de casa, agora estou contribuindo para mudar essa realidade. Posso dizer que me sinto realizado”, comentou.

Saneamento Básico

Na área ambiental, o trabalho da concessionária na recuperação dos sistemas de coleta e tratamento de esgoto existentes gerou resultados perceptíveis em relatórios de balneabilidade do Inea (Instituto Estadual do Ambiente). Águas historicamente poluídas, como as das praias de Botafogo, Flamengo e Paquetá, além da Lagoa Rodrigo de Freitas, começaram a apresentar uma qualidade que não se via há décadas.

“No dia a dia já é possível perceber a transformação que está acontecendo na vida de muitas pessoas que moram nas cidades em que estamos presentes. Este reconhecimento internacional consagra um projeto bem feito e o trabalho diário, confirmando que seguimos no caminho certo. Sabemos dos desafios e estamos diariamente dedicados, trabalhando com empatia e compromissos social e ambiental. A universalização do saneamento básico nos municípios onde atuamos é o nosso compromisso e será o nosso grande legado”, afirma Alexandre Bianchini, presidente da Águas do Rio.

O que são os princípios ESG?

Meio Ambiente, Social e Governança é a tradução da sigla em inglês ESG (Environmental, Social and Governance). Inclusive, essas três letras praticamente substituíram a palavra Sustentabilidade no universo corporativo.

Surgida pela primeira vez em 2004, a ESG apareceu no mercado financeiro como uma forma de medir o impacto que as ações de sustentabilidade geram nos resultados das empresas. A sigla foi criada durante reunião de grupo de trabalho do Principles for Responsible Investment (Princípios para o Investimento Responsável, em português), rede ligada à ONU cujo objetivo é convencer investidores sobre investimentos sustentáveis.

Por fim, o mercado entende que, além de lucratividade, preocupar-se com esse conjunto de questões tornou-se essencial para agregar valor às marcas.

Fonte: Diário do Rio.

Últimas Notícias:
Projetos ESG Resultados no Saneamento

Projetos ESG e seus resultados no saneamento

Projetos ESG são práticas adotadas por empresas com base em critérios ambientais, sociais e de governança corporativa. A implementação bem-sucedida de projetos ESG reduz riscos e impactos sociais, ambientais e financeiros das operações. Dessa forma, atraem investidores e contribuem para a sustentabilidade das atividades.

Leia mais »
Descarte Correto de Resíduos

Saiba como descartar resíduos corretamente e evitar doenças como a dengue

Além de crime ambiental, o descarte irregular de resíduos sólidos traz diversos prejuízos ao meio ambiente e à população. Estes pontos se tornam ambientes propícios para a proliferação de vetores de doenças, levando às situações de alagamentos em período de chuva, comprometendo a qualidade do ambiente e da paisagem do local, além de gerar o aumento dos custos públicos com a remoção do material descartado de forma incorreta e também dos gastos com saúde pública.

Leia mais »
Contrato Sabesp Vale do Paraíba

Novo contrato da Sabesp prevê aporte de R$ 18,6 bilhões no Vale do Paraíba até 2060

Atualmente em consulta pública, o novo contrato da Sabesp encontra-se em processo de desestatização, proposto pelo governo do estado de São Paulo. Os investimentos estão previstos em R$ 18,6 bilhões até o ano de 2060, no Vale do Paraíba e Litoral Norte. Cerca de R$ 5 bilhões serão destinados à universalização do saneamento básico nas 28 cidades atendidas pela Sabesp na região até 2029. As obras que pretendem levar água potável, coleta e tratamento de esgoto para toda a população, foram definidas com as prefeituras.

Leia mais »
Dmae Fumaça Ligações Irregulares

Dmae de Uberlândia/MG vai iniciar testes de fumaça para identificar ligações irregulares de esgoto

A partir da próxima segunda-feira (4), o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) iniciará testes de fumaça para detectar ligações irregulares na rede de esgoto do município. O primeiro bairro atendido será a região do bairro Pampulha. O local em questão foi escolhido para iniciar os trabalhos devido ao grande número de chamados para desobstrução de rede, especialmente em período de chuva. Futuramente, outros bairros da cidade receberam os mesmos testes.

Leia mais »
Manejo de Resíduos Biometano Brasileiro

Ao custo global de R$ 3,1 tri, manejo de resíduos pode virar negócio, como o biometano brasileiro

Segundo alerta feito pela ONU nesta quarta-feira, 28, o volume de resíduos no mundo, que atingiu 2,3 bilhões de toneladas em 2023, continuará crescendo exponencialmente, até 3,8 bilhões de toneladas até meados deste século. A crise será ainda mais grave nos países onde os métodos de tratamento ainda são poluentes: aterros sanitários (contaminação do solo, emissões de poluentes e gases de efeito estufa, como o metano) e incineração sem recuperação.

Leia mais »