saneamento basico

Inaugurada nova sede da Águas de Sinop

Foi inaugurada nesta segunda-feira (17), às 14h, a nova sede da empresa Águas de Sinop, administrada pela empresa Nascentes do Xingú. Com a transição do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAES). A Central de Atendimento passa a funcionar na rua das Nogueiras, número 800, no Centro de Sinop.

De acordo com a assessoria de imprensa a concessionária irá operar em regime de concessão os serviços de água e esgoto pelo período de 30 anos. Os investimentos previstos estão em R$ 339 milhões. Entre as metas a serem alcançadas estão a melhoria no sistema de abastecimento de água e a ampliação da rede de esgotamento sanitário da cidade. A expectativa é que em cinco anos, 98% da população esteja usufruindo do esgoto.

“Nos próximos anos, nosso objetivo é expandir o acesso aos serviços de água e esgoto, implantar projetos de educação socioambiental e promover o engajamento da empresa com a população de maneira transformadora, de forma que beneficie o crescimento de Sinop e o meio ambiente”, afirmou o presidente da Águas de Sinop, Joubert Meneguelli.

O prefeito municipal Juarez Alves da Costa (PMDB) informou que os serviços serão fiscalização pela Agência de Regulação dos Serviços Públicos (Ager). O órgão foi criado pelo município a fim de acompanhar os trabalhos desenvolvidos pela nova administradora. “As metas estabelecidas são arrojadas e teremos uma agência de regulação para amortizar e fiscalizar o cumprimento do contrato”, disse o gestor ressaltando que “os resultados virão em mais saúde e qualidade de vida para a nossa população”.

Da Redação

Fonte: http://www.nortaonoticias.com.br/regional/112630/Inaugurada_nova_sede_da_Aguas_de_Sinop;_concessionaria_passa_a_atender_no_centro_

Últimas Notícias:
Risco Ambiental Fármacos Esgoto

Avaliação de risco ambiental de fármacos e desreguladores endócrinos presentes no esgoto sanitário brasileiro

Este estudo investigou a ocorrência, remoção e impacto na biota aquática de 19 contaminantes de preocupação emergente (CEC) comumente reportados no esgoto brasileiro bruto e/ou tratado. Para 14 CEC (E1, E2, EE2, GEN, DCF, PCT, BPA, IBU, NPX, CAF, TMP, SMX, CIP, LEV), sua presença em esgoto tratado apresentou um alto risco ambiental em pelo menos 2 dos 6 cenários de diluição considerados.

Leia mais »
greenTalks Sustentabilidade de Embalagens

greenTalks entrevista Bruno Pereira, CEO da Ecopopuli, sobre sustentabilidade de embalagens

O segundo episódio da temporada 2024 do videocast greenTalks – uma iniciativa pioneira entre a green4T e NEO MONDO para discutir o papel fundamental da tecnologia na promoção de um futuro mais sustentável – tem como entrevistado especial Bruno Pereira, Especialista em Sustentabilidade Positiva, Líder do Comitê de Sustentabilidade da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) e CEO da Ecopopuli.

Leia mais »
Gestão Resíduos Sólidos Urbanos

Estudo aponta caminhos para a gestão de resíduos sólidos urbanos

Apenas a cidade de São Paulo produz cerca de 20 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU) todos os dias, sendo 12 mil domiciliares e 8 mil da limpeza urbana, decorrentes de atividades de varrição, recolhimento de restos de feiras, podas e capinas. Considerando somente as 12 mil toneladas produzidas nas residências, isso dá uma média de aproximadamente 1 quilo de lixo por habitante ao dia.

Leia mais »