saneamento basico

Programa de preservação ambiental da Rumo monitora fauna em áreas de operação ferroviária

Câmeras instaladas em passagens de fauna registram movimentação de animais no Cerrado brasileiro

Com cerca de 150 estruturas de passagem de fauna instaladas entre Aparecida do Taboado (MS) e Rondonópolis (MT), a Rumo, maior operadora ferroviária do Brasil, está monitorando espécies características do Cerrado brasileiro. Com câmeras especiais ativadas por sensores de movimento, a empresa registrou entre 2014 e 2017 cerca de 4.900 animais utilizando as estruturas que minimizam os riscos de atropelamento na linha férrea.

O acompanhamento é feito periodicamente por profissionais da área ambiental da empresa, que instalam os equipamentos por tempos pré-determinados em diferentes pontos de travessia. O planejamento permite mensurar aspectos das condições de vida da fauna, como a existência de animais adultos e filhotes, a movimentação de famílias e grupos e a predominância de herbívoros ou carnívoros.

“É um projeto focado na preservação do ecossistema e que contribui para a identificação de fatores de risco e defesa de espécies nativas”, explica a coordenadora de Licenciamento Ambiental, Stefani Age.

Conforme levantamento da concessionária, cerca de 33,6% dos animais que circulam na região pertencem ao grupo de espécies ameaçadas, como lobo-guará, tamanduá-bandeira, anta, onça-pintada, cervo-do-pantanal, tatu-canastra e queixada.

Preservação de ecossistemas

Além das estruturas de passagem de fauna, a Rumo investe em tecnologia para aperfeiçoar a segurança da operação e preservação de ecossistemas. As locomotivas que percorrem o trecho são equipadas com sensores sonoros, chamados de apitos ultrassônicos. Localizados na parte frontal da máquina, o equipamento funciona em pares e é acionado pelo deslocamento de ar quando o trem atinge uma velocidade acima de 50 km/h, produzindo uma frequência sonora com alcance de até 400m.

“É um apito que não é perceptível aos ouvidos da população. O ruído sonoro funciona como um alerta, evitando que os animais se aproximem da linha férrea”, reforça Stefani.

Sobre a Rumo

A Rumo é a maior operadora de ferrovias do Brasil e oferece serviços logísticos de transporte ferroviário, elevação portuária e armazenagem. A companhia opera 12 terminais de transbordo, 6 terminais portuários e administra mais de 12 mil km de ferrovias nos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. A base de ativos é formada por 1.000 locomotivas e 25.000 vagões.

Últimas Notícias:
greenTalks Sustentabilidade de Embalagens

greenTalks entrevista Bruno Pereira, CEO da Ecopopuli, sobre sustentabilidade de embalagens

O segundo episódio da temporada 2024 do videocast greenTalks – uma iniciativa pioneira entre a green4T e NEO MONDO para discutir o papel fundamental da tecnologia na promoção de um futuro mais sustentável – tem como entrevistado especial Bruno Pereira, Especialista em Sustentabilidade Positiva, Líder do Comitê de Sustentabilidade da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) e CEO da Ecopopuli.

Leia mais »
Gestão Resíduos Sólidos Urbanos

Estudo aponta caminhos para a gestão de resíduos sólidos urbanos

Apenas a cidade de São Paulo produz cerca de 20 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU) todos os dias, sendo 12 mil domiciliares e 8 mil da limpeza urbana, decorrentes de atividades de varrição, recolhimento de restos de feiras, podas e capinas. Considerando somente as 12 mil toneladas produzidas nas residências, isso dá uma média de aproximadamente 1 quilo de lixo por habitante ao dia.

Leia mais »
Lei do Bem Cagece

Lei do Bem: Cagece alcança R$ 3,6 milhões em benefícios fiscais através de investimentos em projetos de inovação tecnológica

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) é pioneira no Ceará em aliar os investimentos em projetos de inovação tecnológica e transformá-los em benefícios fiscais. Por meio da chamada “Lei do Bem” (nº 11.196/2005), a companhia conseguiu rastrear e inserir junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação um total de R$ 17 milhões, aportados em projetos de inovação nos últimos três anos, rendendo um retorno total de R$ 3,6 milhões em benefícios.  

Leia mais »
Política de Gerenciamento Resíduos Sólidos

Política de gerenciamento de resíduos sólidos em instituições públicas

O presente estudo aborda a problemática ambiental da geração de resíduos sólidos e a inadequação do gerenciamento destes nas instituições públicas. Considerando as limitações das opções de destinação final para os resíduos, é imprescindível minimizar as quantidades utilizadas dentro destas organizações por meio da redução, reutilização e reciclagem. Diante da Política Nacional de Resíduos Sólidos e em consonância com a agenda 2030, busca-se contribuir e apontar caminhos para o enfrentamento da grave questão.

Leia mais »