saneamento basico

Guia de Compras

Agitador Hiperbólico e Aerador Superficial

Os aeradores e agitadores superficiais são utilizados no tratamento de efluentes industriais e domésticos, em tanques de aeração, em lagoas aeradas, em tanques de homogeneização, em remoção de voláteis e outros.

Faça sua Cotação Agora

Descrição Completa

Agitador Hiperbólico

Agitador Hiperbólico

Visando a homogeneização de tanques de equalização e reservatórios, a Gratt disponibiliza a seus clientes os Agitadores tipo hiperbólico.

Agitador Hiperbólico – Possuem acionamento por eixo ligado ao motoredutor, o qual está acima do líquido, evitando o contato com o líquido, elevando sua vida útil e facilitando sua manutenção.

Dependendo da aplicação e escolha do cliente, a estrutura e eixo, podem ser fabricadas em aço carbono ou aço inox e o rotor em fibra de vidro (PRFV) ou aço inox 304.

Aerador e Agitador Superficial

Os aeradores e agitadores superficiais são flutuantes sobre boias de PRFV (Plástico Reforçado com Fibra de Vidro).Utilizados no tratamento de efluentes industriais e domésticos, em tanques de aeração, em lagoas aeradas, em tanques de homogeneização, em remoção de voláteis e outros.

Os aeradores incorporam o ar da atmosfera ao meio líquido através da formação de vácuo na extremidade da hélice propulsora que admite o ar através do eixo vazado.

Sobre a Gratt

Há mais de 36 anos, a Gratt Indústria e Tecnologia Ambiental projeta e constrói equipamentos e sistemas voltados a preservação e reutilização dos recursos naturais, aliando tecnologia à sustentabilidade.

Desde sua fundação, a Gratt vem fazendo história em seu ramo de atuação. Possui uma equipe de aproximadamente 1200 colaboradores altamente qualificados para projetar, fabricar e instalar máquinas em todo o território brasileiro e mercado internacional.

Aplica seus produtos e serviços nas mais diversas áreas, desde:

  • indústrias frigoríficas;
  • papel e celulose;
  • curtumes;
  • laticínios;
  • indústria de bebidas;
  • indústria de álcool;
  • setor de biocombustíveis;
  • mineração;
  • saneamento ambiental;
  • processamento de resíduos, etc.
Vídeos, Artigos e Notícias - Mais Recentes
Mais que projetos, a Agência Estadual de Regulação (AGEMS) tem concretizado realizações com o protagonismo regulatório e o apoio a instituições e municípios na promoção do saneamento inclusivo.
Estabelece os teores máximos de metais que os resíduos utilizados no preparo de combustível derivado de resíduos perigosos poderão conter.
O estado de São Paulo atingiu a meta do Novo Marco Legal do Saneamento Básico de 90% da população coberta com coleta de esgoto, apresentando 90,54% de cobertura. A marca só perde para o Distrito Federal, que tem 92,30% de coleta.
O crescente número do consumo mundial de materiais plásticos, e consequente crescente geração de resíduos, tem aumentado o foco na evolução da economia circular e da gestão sustentável de resíduos.
Uma das iniciativas recém-anunciadas é a produção de tapetes automotivos pela Borkar a partir de retalhos de PVC descartados na fabricação dos bancos dos carros.
O tratamento de efluente industrial proveniente de processos específicos consiste em tratá-lo de modo a adequá-lo às normas e regulamentações vigentes para despejo no corpo receptor (rios) e/ou recuperá-lo de forma usá-lo como água de reúso para diversos fins.