saneamento basico

Guia de Compras

Blindagem de Valas Pesada

Blindagem de Valas Pesada

Escavações em segurança com Tecnologia Europeia de estroncas flexíveis que diminuem a recomposição de pavimento. Ideal para obras urbanas.

Faça sua Cotação Agora

Descrição Completa

A linha de Blindagem de Valas Pesada da Escoramento.com tem capacidade de até 42 KN/m2  e pode ser utilizada em escavação de valas de até 2,50m de largura e de até 5,20m de profundidade com o uso de extensores de profundidade.

Blindagem de Valas Pesada

O sistema de largura ajustável e estroncas articuladas, permite a escavação sem necessidade de sobre corte reduzindo custos de e bota fora e de reposição de pavimento sendo muito indicada para obras urbanas.

Aplicações

Saneamento, drenagem, infraestrutura e canalizações Assentamento de tubos de PVC, PEAD, PRFV até DN 600mm Assentamento de tubos de concreto CA até DN 1600mm Assentamento de tubos de concreto PB JE até DN 1500mm ou implantação de Galerias

Especificações técnicas

  • Altura (H): 2,60 metros
  • Largura (L): 1,0m, 1,5m, 2,0m ou 2,5m
  • Comprimento (C): 3,20 metros
  • Peso do Conjunto: 2100kg
  • Carga Máxima: 42 KN/m2

Utilização com Escavadeiras hidráulicas a partir de 17 toneladas

Vídeos, Artigos e Notícias - Mais Recentes
Estabelece os teores máximos de metais que os resíduos utilizados no preparo de combustível derivado de resíduos perigosos poderão conter.
O estado de São Paulo atingiu a meta do Novo Marco Legal do Saneamento Básico de 90% da população coberta com coleta de esgoto, apresentando 90,54% de cobertura. A marca só perde para o Distrito Federal, que tem 92,30% de coleta.
O crescente número do consumo mundial de materiais plásticos, e consequente crescente geração de resíduos, tem aumentado o foco na evolução da economia circular e da gestão sustentável de resíduos.
Uma das iniciativas recém-anunciadas é a produção de tapetes automotivos pela Borkar a partir de retalhos de PVC descartados na fabricação dos bancos dos carros.
O tratamento de efluente industrial proveniente de processos específicos consiste em tratá-lo de modo a adequá-lo às normas e regulamentações vigentes para despejo no corpo receptor (rios) e/ou recuperá-lo de forma usá-lo como água de reúso para diversos fins.
Ademais, esse tipo de atividade gera efluentes com elevadas cargas orgânicas, o que pode comprometer o desempenho operacional de estações de tratamento anaeróbio, como é o caso de reatores UASB.