saneamento basico

Guia de Compras

Kit de Segurança para Cilindro

Kit de Segurança para Cilindro

A Fluid Feeder trabalha com dois modelos de kit de emergência para cilindro. Na sequência, são apresentados todos os componentes dos modelos A e B.

Faça sua Cotação Agora

Descrição Completa

Segurança para cilindro

As instalações de manuseio, transporte e distribuição de cloro gás devem possuir kits de segurança adequados para cada tipo de cilindro, de acordo com a norma ABNT NBR 13295.

A Fluid Feeder trabalha com dois modelos de kit de emergência para cilindro. Na sequência, são apresentados todos os componentes dos modelos A e B.

Kit de segurança para cilindro tipo A

Para cilindro de 50/68 kg, fabricado conforme norma ABNT NBR 13295:2015, com os seguintes componentes:

  • Copo de vedação, com válvula (uma peça)
  • Junta fuselada do copo da válvula (uma peça)
  • Conjunto esticador: bloco, parafuso T 1” e corrente (uma peça)
  • Junta ou guarnição em neoprene do copo da válvula (duas peças)
  • Arco de serra (uma peça)
  • Corrente com 8 mm x 35 mm x 52 mm x 1200 mm (uma peça)
  • Pino cônico grande (duas peças)
  • Pino cônico pequeno (duas peças)
  • Junta quadrada para vedação do furo no corpo do cilindro (duas peças)
  • Junta retangular de chumbo (quatro peças)
  • Chave de boca: 1.1/4” x 1.1/8” (uma peça)
  • Martelo tipo bola (uma peça)
  • Espátula (uma peça)
  • Chave de operação (uma peça)
  • Braçadeira Yoke (uma peça)
  • Conjunto esticador: parafuso T 5/8” e gancho (uma peça)
  • Vedação para furo no corpo do cilindro (uma peça)
  • Braçadeira do cilindro (uma peça)
  • Lacre plástico (cinco peças)
  • Caixa apropriada (uma peça)
  • Frasco borrifador com solução de amônia (uma peça)

Kit de segurança para cilindro tipo B

Para cilindro de 900 kg, fabricado conforme norma ABNT NBR 13295:2015, com os seguintes componentes:

  • Barra de ajustagem (uma peça)
  • Pino cônico pequeno (duas peças)
  • Pino cônico grande (duas peças)
  • Cabo de força (uma peça)
  • Copo de vedação do bujão fusível: porca sextavada, parafuso de aperto, garra, junta fuselada (uma peça)
  • Junta ou guarnição neoprene 100 mm x 55 mm x 3/16” (duas peças)
  • Copo de vedação da válvula com uma válvula e uma junta fuselada (uma peça)
  • Junta ou guarnição plana de neoprene 120 mm x 55 mm x 3/16” (duas peças)
  • Chave do bujão fusível (uma peça)
  • Braçadeira Yoke (uma peça)
  • Chave de operação da válvula (uma peça)
  • Chave de operação da haste ou chave modelo NN 7 ¼ x ½ x 3/8 (uma peça)
  • Corrente com 8 mm x 35 mm x 52 mm x 2880 mm (uma peça)
  • Guarnição quadrada para remendo 80 mm x 80 mm (duas peças)
  • Junta cega retangular de chumbo (quatro peças)
  • Arruelas de chumbo (quatro peças)
  • Vedação para o corpo do cilindro (uma peça)
  • Conjunto esticador: parafuso T 5/8” e gancho (uma peça)
  • Martelo tipo bola (uma peça)
  • Chave de boca 1.1/2 x 1.1/8” (uma peça)
  • Chave de pé de corvo (uma peça)
  • Espátula (uma peça)
  • Lacre plástico (cinco peças)
  • Caixa apropriada (uma peça)
  • Frasco borrifador com solução de amônia (uma peça)

SAIBA MAIS SOBRE O PRODUTO

Vídeos, Artigos e Notícias - Mais Recentes
Estabelece os teores máximos de metais que os resíduos utilizados no preparo de combustível derivado de resíduos perigosos poderão conter.
O estado de São Paulo atingiu a meta do Novo Marco Legal do Saneamento Básico de 90% da população coberta com coleta de esgoto, apresentando 90,54% de cobertura. A marca só perde para o Distrito Federal, que tem 92,30% de coleta.
O crescente número do consumo mundial de materiais plásticos, e consequente crescente geração de resíduos, tem aumentado o foco na evolução da economia circular e da gestão sustentável de resíduos.
Uma das iniciativas recém-anunciadas é a produção de tapetes automotivos pela Borkar a partir de retalhos de PVC descartados na fabricação dos bancos dos carros.
O tratamento de efluente industrial proveniente de processos específicos consiste em tratá-lo de modo a adequá-lo às normas e regulamentações vigentes para despejo no corpo receptor (rios) e/ou recuperá-lo de forma usá-lo como água de reúso para diversos fins.
Ademais, esse tipo de atividade gera efluentes com elevadas cargas orgânicas, o que pode comprometer o desempenho operacional de estações de tratamento anaeróbio, como é o caso de reatores UASB.