10 de abril de 2015

Prefeitura de Passos terá que investir R$ 3 milhões para garantir execução de obras

O cumprimento das contrapartidas e o projeto de alienação dos terrenos do Município motivaram o encontro, que foi realizado na agência da CEF. Segundo Ataíde, a prefeitura não terá como cumprir suas obrigações contratuais sem vender os terrenos, que dependem de aprovação na Câmara – vereadores estão em um impasse e chegaram a reprovar o primeiro projeto, mas o prefeito enviou outro que está tramitando na Casa.

Leia mais »

TCE questiona Sabesp sobre contratos realizados durante crise hídrica

Um dos contratos, que soma quase R$ 8,797 milhões, foi fechado com a Ipiranga Produtos de Petróleo para o fornecimento de óleo diesel destinado à alimentação de uma usina geradora nas represas de Jacareí e Atibainha. O outro, de cerca de R$ 26,5 milhões, foi fechado com a Xylem Brasil Soluções para Água e prevê o fornecimento de um conjunto de ultrafiltração por membranas para ampliar a produção da Estação de Tratamento de Água do Rio Grande.

Leia mais »

Sindicatos se manifestam contra substituição de presidência da Casan

Os presidentes dos sindicatos Carlos Abraham e José Oliveira Mafra enfatizam: “Num momento em que a CASAN está iniciando uma nova fase de execução de novos projetos de saneamento, com acesso a linhas de crédito internacionais, de parcerias com os municípios, mais do que nunca é necessário garantir-se a continuidade administrativa, de forma que não haja quebra de confiança, jurídica e política”.

Leia mais »

Câmara de Vereadores aprova lei que institui Plano Municipal de Saneamento Básico

É uma vitória para Uberaba, comentou Luiz Guaritá Neto, presidente do Codau, autarquia de saneamento que coordenou a formatação do PMSB, em conjunto com a Prefeitura de Uberaba. “O PMSB foi formulado como um conjunto de princípios e diretrizes de atendimento universal, integral, participativo e de responsabilidade social. Por isto ele é tão inovador e vanguardista”, citou Guaritá.

Leia mais »