saneamento basico
Osmose Reversa Indústria

Tratamento de Chorume por Sistemas Membranas

Já se encontra em operação desde agosto de 2020 os dois sistemas de tratamento de chorume com tecnologia Osmose Reversa adquiridos pela Marquise Ambiental, instalado no aterro de Caucaia, gerido pela concessionária ECOFOR. Os sistemas possuem capacidade nominal unitária de 270 m³/dia perfazendo um total de 540 m³ diários e estão integralmente instalados em dois contêineres marítimos e independentes de 40 pés. Essa nova geração de sistemas OR projetados e fabricados pela AST Ambiente apresenta um design ainda mais moderno e operacional, além de altíssimo grau de automação com particularidades de inteligência artificial em seu sistema de comando e controle. Estas unidades de tratamento estão apresentando excelente rendimento e produtividade, surpreendendo não só o cliente, mas também ao próprio fabricante. A água desmineralizada produzida pelas Osmoses está sendo utilizada dentro do próprio aterro enquanto são avaliadas possibilidades de sua comercialização.

ACESSE AQUI A APRESENTAÇÃO COMPLETA

Últimas Notícias:
Concessão Saneamento Itaú de Minas

Concessão do saneamento de Itaú de Minas já tem interessadas

Pelo menos duas empresas de saneamento do setor privado manifestaram interesse na concessão do serviço em Itaú de Minas, no Sul do Estado, durante a etapa de consulta pública, concluída em 21 de janeiro deste ano. As empresas são a Cristalina Saneamento e a Orbis Ambiental, que também disputou a licitação do serviço em Alpinópolis, cidade da mesma região e de tamanho similar a Itaú.

Leia mais »
Serviços de Coleta de Lixo

Mais de 90% dos brasileiros contam com serviço de coleta de lixo

Os serviços de coleta de lixo, direta ou indireta, beneficiavam 90,9% dos brasileiros em 2022, segundo dados do Censo 2022 divulgados na sexta-feira (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A pesquisa mostra que 82,5% dos moradores têm seus resíduos sólidos coletados diretamente no domicílio por serviços de limpeza.

Leia mais »
Risco Ambiental Fármacos Esgoto

Avaliação de risco ambiental de fármacos e desreguladores endócrinos presentes no esgoto sanitário brasileiro

Este estudo investigou a ocorrência, remoção e impacto na biota aquática de 19 contaminantes de preocupação emergente (CEC) comumente reportados no esgoto brasileiro bruto e/ou tratado. Para 14 CEC (E1, E2, EE2, GEN, DCF, PCT, BPA, IBU, NPX, CAF, TMP, SMX, CIP, LEV), sua presença em esgoto tratado apresentou um alto risco ambiental em pelo menos 2 dos 6 cenários de diluição considerados.

Leia mais »