saneamento basico
Pesquisa Tratamento de Esgoto

Pesquisa brasileira pode revolucionar o tratamento de esgoto

Pesquisa Tratamento de Esgoto

Por: Vitoria Lopes Gomez 

O processo de remoção biológica do fósforo dos esgotos atualmente depende de bactérias, elas absorvem a substância na água e são retiradas junto ao lodo.

Isso reduz os danos que o composto pode ter no meio ambiente, mas tem sido dificultado pela abundância dele na água.

Um estudo da Universidade de São Paulo (USP) descobriu que esse processo por ser ainda mais aprimorado ao observar a interação das bactérias já usadas com os nutrientes presentes nos resíduos do esgoto.

Segundo o professor Welington Luiz de Araújo, do Departamento de Microbiologia do ICB, ao Jornal da USP, o fósforo resulta de decomposição de matéria orgânica.

O principal dano causado pelo fósforo no meio ambiente é que o elemento é essencial para o crescimento de plantas e algas nos rios.

LEIA TAMBÉM: Plano de Ações do Plano Diretor de Drenagem do Município de SP

Assim, facilita a eutrofização, no qual essas plantas crescem mais do que o normal e retiram o oxigênio das águas, matando animais aquáticos, por exemplo.

Então outro problema é que pode causar o aumento de cianobactérias que liberam toxinas mortais aos peixes.

Tratamento atual vs. descoberta da USP

  • Por ora, o tratamento de remoção de fósforo das águas é feito por um tratamento físico-químico nas ETEs, usando um pH (nível de acidez) para propiciar a ligação do fósforo em flocos.
  • A pesquisa da USP mostra que as estratégias para remover a substância também devem levar em conta a interação dela com outras bactérias já presentes no lodo e com os outros nutrientes do composto químico usado para tratar o esgoto.
  • Segundo Araújo, foi estudando a relação entre elas que possibilitou estimar as condições ideias para a remoção do fósforo.
  • A pesquisa foi feita usando observações de campo e análises de laboratório em ETES de Embu das Artes e Mogi das Cruzes, com técnicas de sequenciamento de DNA aplicadas às condições reais do esgoto.

Benefícios de um novo tratamento

Segundo o coordenador do estudo, o uso combinado das duas estratégias pode diminuir ainda mais os impactos do fósforo no meio ambiente.

Além disso, como o método foi testado em condições reais, poderá ser replicado, analisando as variáveis das próprias estações de tratamento.

Fonte: Olhar Digital.

Últimas Notícias:
Projetos IoT Áreas Remotas

Desafios de Conectividade em Projetos de IoT em Áreas Remotas

No mundo da Internet das Coisas (IoT), a conectividade é a espinha dorsal que permite a comunicação entre dispositivos e a coleta de dados em tempo real. Entretanto, em áreas remotas, onde a infraestrutura de rede de dados é escassa ou inexistente, estabelecer uma conexão confiável pode ser um desafio significativo.

Leia mais »