saneamento basico
BRK ETE Lontra

BRK Ambiental vai abrir 130 vagas de empregos em Alagoas

BRK Ambiental vagas de emprego em Alagoas

Investindo no projeto de concessão em Alagoas, a BRK Ambiental estima a contratação direta de mais 130 profissionais. A empresa já opera em treze municípios da Região Metropolitana de Maceió e, desde a sua chegada, em julho de 2021, a concessionária já gerou mais de 600 novos postos de trabalho.

A previsão é que serão construídas 13 Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) na Região Metropolitana, além da reforma do Emissário Submarino da BRK, na capital, que já foi iniciada.

O projeto conta também com a construção de 12 Estações de Tratamento de Água (ETA) e a reforma e modernização de mais 5 estações. Os projetos devem ser finalizados até 2027, beneficiando cerca 900 mil pessoas.

A coordenadora de recursos humanos da BRK em Alagoas, Isabela Marchezia, disse que a empresa precisará de mais mão de obra para atender a demanda das novas obras estruturantes, que já iniciaram em alguns municípios.

“A chegada da BRK a Alagoas foi muito positiva para o mercado de trabalho. Atualmente, somos mais de 600 funcionários e foram gerados cerca de 2000 empregos indiretos em toda Região Metropolitana. E para 2023, a expectativa é criar muito mais postos de trabalho, dando sempre prioridade a candidatos que morem aqui”, afirmou Isabela.


LEIA TAMBÉM: BRK retira 350 toneladas de resíduos das redes de esgoto de Cachoeiro/ES em 2022

BRK Ambiental vagas de emprego em Alagoas

Além de oferecer benefícios como vale refeição/alimentação, plano de saúde familiar, seguro de vida, previdência privada e participação nos lucros, a BRK ainda desenvolve uma série de programas internos voltados para a promoção da qualidade de vida do bem-estar dos funcionários e funcionárias.

As oportunidades de empregos são atualizadas semanalmente, no site da empresa . As vagas também são direcionadas para as pessoas com deficiência.

Fonte: Gazeta Web.

Últimas Notícias:
greenTalks Sustentabilidade de Embalagens

greenTalks entrevista Bruno Pereira, CEO da Ecopopuli, sobre sustentabilidade de embalagens

O segundo episódio da temporada 2024 do videocast greenTalks – uma iniciativa pioneira entre a green4T e NEO MONDO para discutir o papel fundamental da tecnologia na promoção de um futuro mais sustentável – tem como entrevistado especial Bruno Pereira, Especialista em Sustentabilidade Positiva, Líder do Comitê de Sustentabilidade da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) e CEO da Ecopopuli.

Leia mais »
Gestão Resíduos Sólidos Urbanos

Estudo aponta caminhos para a gestão de resíduos sólidos urbanos

Apenas a cidade de São Paulo produz cerca de 20 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU) todos os dias, sendo 12 mil domiciliares e 8 mil da limpeza urbana, decorrentes de atividades de varrição, recolhimento de restos de feiras, podas e capinas. Considerando somente as 12 mil toneladas produzidas nas residências, isso dá uma média de aproximadamente 1 quilo de lixo por habitante ao dia.

Leia mais »
Lei do Bem Cagece

Lei do Bem: Cagece alcança R$ 3,6 milhões em benefícios fiscais através de investimentos em projetos de inovação tecnológica

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) é pioneira no Ceará em aliar os investimentos em projetos de inovação tecnológica e transformá-los em benefícios fiscais. Por meio da chamada “Lei do Bem” (nº 11.196/2005), a companhia conseguiu rastrear e inserir junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação um total de R$ 17 milhões, aportados em projetos de inovação nos últimos três anos, rendendo um retorno total de R$ 3,6 milhões em benefícios.  

Leia mais »
Política de Gerenciamento Resíduos Sólidos

Política de gerenciamento de resíduos sólidos em instituições públicas

O presente estudo aborda a problemática ambiental da geração de resíduos sólidos e a inadequação do gerenciamento destes nas instituições públicas. Considerando as limitações das opções de destinação final para os resíduos, é imprescindível minimizar as quantidades utilizadas dentro destas organizações por meio da redução, reutilização e reciclagem. Diante da Política Nacional de Resíduos Sólidos e em consonância com a agenda 2030, busca-se contribuir e apontar caminhos para o enfrentamento da grave questão.

Leia mais »