saneamento basico
Flexibilidade do Bridgemeter

A Flexibilidade do Bridgemeter

Flexibilidade do Bridgemeter

A indústria atualmente possui uma alta complexidade operacional que dificulta o aumento da eficiência. A tecnologia de manufatura, em sua grande maioria, não avançou no mesmo ritmo dos sistemas de consumo e negócios. E a redução de custo de mão de obra não é mais um fator diferencial. Portanto, é necessário e fundamental, a melhoria de performance e modelo de negócios existentes e maior agilidade no acompanhamento de tecnologias emergentes.

Novas demandas de mercado, regulamentações, concorrência entre outros, criam um cenário desafiador e de incertezas.

Dessa forma, as empresas precisam de flexibilidade e facilidade para manterem-se competitivas.

Os sistemas tradicionais responsáveis pelo gerenciamento e monitoramento não possuem uma arquitetura que permita alterações de forma rápida e dinâmica ou muito menos que consiga antecipar e notificar eventos de falhas de forma preditiva e proativa.

Outro aspecto importante é a conectividade com uma variedade de equipamentos. Para alcançar a eficiência operacional, é preciso convergir todas as leituras de qualquer subsistema existente em uma mesma aplicação proporcionando uma visão global da operação.

Este último trás por consequência, a conectividade com diversos tipos de protocolos. Uma solução de IIoT não pode estar limitada a um número seleto de protocolos, muito menos a grupos de protocolos mais usados atualmente. É necessário conectar equipamentos e sistemas legados, garantindo a interoperabilidade e convergência para uma mesma plataforma com o passado, presente e com o futuro.

Desenvolvimento do Bridgemeter

Quando a Above-Net iniciou o desenvolvimento do Bridgemeter em 2014 percebeu esse desejo e requerimento do mercado e construiu uma arquitetura sólida modular em camadas que permite a total interoperabilidade de equipamentos.

Além de opções de conectividade e meios de transmissão hoje a plataforma oferece mais de 140 tipos de protocolos que permitem aplicar o Plug and Play. Com tanta flexibilidade, é possível passar por um processo gradual de transformação digital com custos ajustados à realidade de investimento do cliente.

A partir da coleta das informações, todos os dados são armazenados de forma estruturada permitindo a interligação com diversas outras ferramentas.

Outra dificuldade identificada pela Above-Net em 2014 era a capacidade de antecipar falhas e comunicação ao usuário de eventos em parques tão extensos de equipamentos. O modelo atual de centro de controle é impraticável e ineficiente pois dispersa a atenção para eventos que em 90% do tempo funcionam corretamente. O desafio é não perder nem deixar de transmitir a informação crítica o mais rápido possível para o time encarregado.

Funcionamento do Bridgemeter

O Bridgemeter utiliza técnicas modernas de notificações em tempo real que garantem a entrega da informação de forma proativa.

Ou seja, mesmo que o operador esteja em uma pausa para o café ou que seu painel do centro de controle não comporte mais equipamentos, o sistema identifica de forma automática e notifica todos os envolvidos com um plano de ação.

De fato, os clientes Bridgemeter percebem uma economia substancial de tempo de atendimento em comparação ao mesmo processo antes da utilização da solução. Nesses casos, os times de manutenção conseguem agir antes mesmo do chamado do call center ou da percepção pelo centro de controle instalado. Uma economia na operação, em tempo e aumento direto de satisfação pelo cliente.

Automatização

Esse processo de notificação é disparado com um gerenciador de tarefas automatizado que controla a evolução passo a passo até que a situação seja normalizada. A equipe dispõe de um repositório de documentos online integrado ao sistema para consultas de manuais, plantas, certificações, imagens ou qualquer outro documento que seja importante para a verificação e conclusão da tarefa. Mais uma economia com praticidade, centralização da informação e aumento da eficiência na execução dos serviços de manutenção.

Outro ponto importante na concepção do produto foi o entendimento de que o Bridgemeter não é concorrente dos sistemas SCADA.

O Bridgemeter pode atuar de forma singular ou em conjunto com SCADA já instalados. Na segunda opção resolve ainda diversos problemas de conexão encontrados no mercado, entre eles, a necessidade de conexões múltiplas de CLPs ou múltiplos sistemas SCADA. Mais uma vez, flexibilidade e inteligência aliados para aumento de eficiência.

Como exemplo, utilizando o Bridgemeter a Above-Net integra diversos equipamentos e estações de uma grande companhia de saneamento, permitindo o controle e telemetria remota, além de comunicação confiável com o sistema SCADA do cliente. A Above-Net foi a única capaz de transpor barreiras de fragilidade e deficiência de padronização na comunicação local, entregando uma solução confiável, de alta disponibilidade e excelente custo-benefício.

Above-Net

A Above-Net compreendeu também desde o início, que uma plataforma de IIoT é apenas um dos componentes de um processo de transformação digital e para isso, precisaria interoperar com outros sistemas garantindo a continuidade da informação para conclusão do processo de forma 100% digital. Portanto, o Bridgemeter conta com uma série de opções de comunicação sistemas ERP e de gestão seja por APIs ou outras formas de integração.

Outro fator importante sempre foi a usabilidade. Sistemas tradicionais de monitoramento possuem diversos menu, operação complicada e curva de aprendizado que requer treinamento constante e equipe especializada de programação. A médio e longo prazo, torna-se insustentável pois é uma atividade fora do foco de negócios da empresa que não dispõe de pessoal especializado em programação ou se aventura a criar uma solução por conta própria. Resultado, o processo de mudança é extremamente burocrático e caro.

A interface intuitiva do Bridgemeter oferece configuração dos diagramas de supervisão, dos alarmes e das regras inteligentes de forma instantânea de acordo com a alçada do usuário permitindo atualização imediata nos gatilhos e ações de suporte à decisão. Mais flexibilidade e agilidade para aumento de eficiência.

Finalmente, o Bridgemeter contribui ainda minimizando investimentos, pois é oferecido em pacotes flexíveis como SaaS (solução como serviço) sem custo de desenvolvimento ou aquisição de licenças e pode incluir todos os equipamentos de conectividade, suas atualizações e manutenções.

Últimas Notícias:
Descarte Correto de Resíduos

Saiba como descartar resíduos corretamente e evitar doenças como a dengue

Além de crime ambiental, o descarte irregular de resíduos sólidos traz diversos prejuízos ao meio ambiente e à população. Estes pontos se tornam ambientes propícios para a proliferação de vetores de doenças, levando às situações de alagamentos em período de chuva, comprometendo a qualidade do ambiente e da paisagem do local, além de gerar o aumento dos custos públicos com a remoção do material descartado de forma incorreta e também dos gastos com saúde pública.

Leia mais »
Contrato Sabesp Vale do Paraíba

Novo contrato da Sabesp prevê aporte de R$ 18,6 bilhões no Vale do Paraíba até 2060

Atualmente em consulta pública, o novo contrato da Sabesp encontra-se em processo de desestatização, proposto pelo governo do estado de São Paulo. Os investimentos estão previstos em R$ 18,6 bilhões até o ano de 2060, no Vale do Paraíba e Litoral Norte. Cerca de R$ 5 bilhões serão destinados à universalização do saneamento básico nas 28 cidades atendidas pela Sabesp na região até 2029. As obras que pretendem levar água potável, coleta e tratamento de esgoto para toda a população, foram definidas com as prefeituras.

Leia mais »
Dmae Fumaça Ligações Irregulares

Dmae de Uberlândia/MG vai iniciar testes de fumaça para identificar ligações irregulares de esgoto

A partir da próxima segunda-feira (4), o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) iniciará testes de fumaça para detectar ligações irregulares na rede de esgoto do município. O primeiro bairro atendido será a região do bairro Pampulha. O local em questão foi escolhido para iniciar os trabalhos devido ao grande número de chamados para desobstrução de rede, especialmente em período de chuva. Futuramente, outros bairros da cidade receberam os mesmos testes.

Leia mais »
Manejo de Resíduos Biometano Brasileiro

Ao custo global de R$ 3,1 tri, manejo de resíduos pode virar negócio, como o biometano brasileiro

Segundo alerta feito pela ONU nesta quarta-feira, 28, o volume de resíduos no mundo, que atingiu 2,3 bilhões de toneladas em 2023, continuará crescendo exponencialmente, até 3,8 bilhões de toneladas até meados deste século. A crise será ainda mais grave nos países onde os métodos de tratamento ainda são poluentes: aterros sanitários (contaminação do solo, emissões de poluentes e gases de efeito estufa, como o metano) e incineração sem recuperação.

Leia mais »
Sanasa Campinas Saneamento Básico

Campinas tem saneamento superior à média nacional

Dados do “Censo 2022: Características dos domicílios – Resultados do universo”, publicados na sexta-feira (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) confirmam a elevação dos indicadores de moradores com acesso ao saneamento básico em Campinas.

Leia mais »