saneamento basico

Caixa d’água da Cedae é alvejada por tiros no Morro Jorge Turco, Rio

Um intenso tiroteio no Morro Jorge Turco, em Rocha Miranda, na Zona Norte do Rio, na madrugada da quinta-feira (3) furou um reservatório da Cedae, que fica no alto da comunidade. Como mostrou o Bom Dia Rio, a água jorrava devido aos buracos dos tiros.

Moradores da comunidade relataram em redes sociais a intensidade do confronto e recomendaram cuidado para quem passasse pela região. De acordo com o 9º BPM (Rocha Miranda), o confronto foi entre traficantes de facções rivais. Devido a isso, o policiamento foi reforçado.

A região é alvo da disputas de facções criminosas e constantemente a caixa d’água é alvo dos disparos.

Água jorrando
No dia 20 de fevereiro, reservatório, que tem capacidade para armazenar 200 mil litros de água, foi atingido por 27 disparos na região. De acordo com a Cedae, o reparo foi realizado por uma equipe acompanhada por policiais. Ainda segundo a empresa, uma manobra foi realizada interrompendo o abastecimento de água do local, evitando o desperdício.

A caixa d’água também foi alvejada por tiros no dia 1º de maio. Devido às perfurações, houve desperdício e os moradores tiveram o abastecimento de água suspenso durante o trabalho de reparo dos técnicos da Cedae.

Fonte: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2015/09/caixa-dagua-da-cedae-e-alvejada-por-tiros-no-morro-jorge-turco-rio.html

Últimas Notícias:
greenTalks Sustentabilidade de Embalagens

greenTalks entrevista Bruno Pereira, CEO da Ecopopuli, sobre sustentabilidade de embalagens

O segundo episódio da temporada 2024 do videocast greenTalks – uma iniciativa pioneira entre a green4T e NEO MONDO para discutir o papel fundamental da tecnologia na promoção de um futuro mais sustentável – tem como entrevistado especial Bruno Pereira, Especialista em Sustentabilidade Positiva, Líder do Comitê de Sustentabilidade da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) e CEO da Ecopopuli.

Leia mais »
Gestão Resíduos Sólidos Urbanos

Estudo aponta caminhos para a gestão de resíduos sólidos urbanos

Apenas a cidade de São Paulo produz cerca de 20 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU) todos os dias, sendo 12 mil domiciliares e 8 mil da limpeza urbana, decorrentes de atividades de varrição, recolhimento de restos de feiras, podas e capinas. Considerando somente as 12 mil toneladas produzidas nas residências, isso dá uma média de aproximadamente 1 quilo de lixo por habitante ao dia.

Leia mais »
Lei do Bem Cagece

Lei do Bem: Cagece alcança R$ 3,6 milhões em benefícios fiscais através de investimentos em projetos de inovação tecnológica

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) é pioneira no Ceará em aliar os investimentos em projetos de inovação tecnológica e transformá-los em benefícios fiscais. Por meio da chamada “Lei do Bem” (nº 11.196/2005), a companhia conseguiu rastrear e inserir junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação um total de R$ 17 milhões, aportados em projetos de inovação nos últimos três anos, rendendo um retorno total de R$ 3,6 milhões em benefícios.  

Leia mais »
Política de Gerenciamento Resíduos Sólidos

Política de gerenciamento de resíduos sólidos em instituições públicas

O presente estudo aborda a problemática ambiental da geração de resíduos sólidos e a inadequação do gerenciamento destes nas instituições públicas. Considerando as limitações das opções de destinação final para os resíduos, é imprescindível minimizar as quantidades utilizadas dentro destas organizações por meio da redução, reutilização e reciclagem. Diante da Política Nacional de Resíduos Sólidos e em consonância com a agenda 2030, busca-se contribuir e apontar caminhos para o enfrentamento da grave questão.

Leia mais »