saneamento basico
chlorum

Inaugurada nova fábrica de Codó da Alliance Maranhão

Foto 1 – Eduardo Perdigão (Alliance Maranhão), Alfredo Kerzner (CEO da Chlorum Solutions), o deputado federal Márcio Jerry, o prefeito de Codó, Francisco Nagib, o secretário Simplício Araújo, o presidente da Chlorum Solutiosn, Daniel Croce e o empresário Francisco Oliveira fazem o desenlace simbólico da fita inaugural

Estado ganha empreendimento de primeiro mundo para atender as regiões Norte e Nordeste

A cidade de Codó, distante cerca de 300 km de São Luís, deu mais um passo rumo ao seu  desenvolvimento econômico com a inauguração neste sábado, 7, da planta de produção de clóris álcalis pela Chlorum Solutions, por meio da Alliance Maranhão. A unidade, com 10 mil metros quadrados de área construída, terá capacidade produtiva de 12 toneladas de hipoclorito de sódio, ácido clorídrico e soda cáustica. A solenidade de inauguração reuniu executivos do grupo, diversas autoridades, entre as quais o secretário Simplício Araújo, que representou o governador do estado, Flávio Dino, e demais convidados.

O presidente da Chlorum Solutions, Daniel Croce, destacou o desafio de cumprir a meta e entregar o empreendimento dentro do prazo em um ano adverso. Disse, ainda, que a cidade de Codó é um passo a mais para o crescimento grupo, que tem planos ambiciosos dentro e fora do Brasil. “Codó é nosso trampolim para chegar ao resto do mundo dentro dos planos da Chlorum e da Alliance para os próximos anos”, reforçou. Ele fez questão de destacar o empenho da equipe sem o qual seria impossível cumprir todos os prazos para inauguração da nova fábrica.

Presente ao evento, o prefeito da cidade, Francisco Nagib, disse que a inauguração da fábrica era um sonho que se tronou realidade. “O grupo acreditou no potencial da nossa cidade. Codó tem potencial e tem como crescer mais”, afirmou.


LEIA TAMBÉM: CONHEÇA A CHLORUM SOLUTIONS


Empreendimentos

chlorum

Foto2 – Executivos da Chlorum Solutions e autoridades posam na área interna da fábrica

Representando a bancada maranhense, o deputado federal Márcio Jerry, pontuou que o empreendimento vai na contramão de tudo que está acontecendo no mundo com a economia em recessão devido à Pandemia da Covid-19. “Hoje é um dia importante para Codó com a inauguração desta fábrica que gera mais emprego e renda para o nosso estado”, pontuou.

O secretário de estado da Indústria e Comércio do Maranhão, Simplício Araújo, que representou o governador do estado, assegurou não ter dúvidas de que a cadeia produtiva vai crescer em torno do empreendimento, gerando mais oportunidades de negócios ao estado. Simplício garantiu que o Maranhão vive um momento único e um ambiente favorável para atração de novos empreendimentos.

O CEO da Chlorum Solutions, Alfredo Kerzner, disse que o maior desafio foi entregar o empreendimento dentro do prazo diante de uma Pandemia. Afirmou que a cidade de Codó estava ganhando uma planta química de primeiro mundo e adiantou que a meta do grupo é atender todo o mercado local, de Fortaleza e Belém. “Se antes era necessário comprar hipoclorito de sódio de São Paulo, por exemplo, agora não será mais, pois o mercado passa a ser abastecido pela Chlorum”, assegurou.

Produção

chlorum

Foto 3 – Executivos, autoridades e empresários locais fazem o descerramento da placa 

Grande parte da produção da fábrica de Codó será destinada à empresa FC Oliveira com quem a Chlorum Solutions firmou um contrato de longo prazo. A FC Oliveira é uma das principais marcas de fabricação de produção de limpeza do estado, que recorria ao estado de São Paulo para comprar matéria prima utilizada em seus produtos. Como outras indústrias manifestaram interesse em se instalar no Maranhão devido à produção local, a Chlorum já fala em dobrar a sua capacidade a médio prazo.

A empresa irá produzir três produtos nessa nova planta: hipoclorito de sódio, utilizado na fabricação de produtos de limpeza e higiene, além de tratamento de água; ácido clorídrico, que é muito usado na limpeza e galvanização de metais, na fabricação de produtos químicos, no curtimento de couros, na obtenção de vários produtos, como na produção de tintas e corantes; e hidróxido de sódio, também conhecido como soda cáustica, que é usado amplamente por diversas indústrias. O cloro álcalis é insumo fundamental para diversas indústrias químicas, produtos de limpeza, tratamento de água, siderúrgicas e até mineradoras.

O cloro na forma gasosa não será comprimido e nem armazenado, reduzindo assim o risco ambiental e operacional. Os produtos a serem comercializados são livres de metais pesados e resíduos tóxicos. A fábrica adota políticas e valores de produção limpa e sustentável, tendo como meta o resíduo zero, sendo considerada uma unidade ambientalmente correta.

Essa é a segunda fábrica do grupo Chlorum na região. A primeira está localizada próximo de Fortaleza, dentro da ETA Gavião da CAGECE – Companhia de Água e Esgoto do Ceará, e é um grande case de sucesso.

Sobre a Chlorum Solutions:

A Chlorum Solutions, controladora da Alliance Maranhão, possui fábricas em Fortaleza, Ceara (desde 2014), Canelones, Uruguai (desde 2017) e agora no Maranhão (2020). Seu diferencial é a produção de cloro álcalis em pequenas fábricas, próximo a seus clientes, para uma solução mais segura e utilizando tecnologias ambientalmente limpas. www.chlorumsolutions.com.br


ÚLTIMAS NOTÍCIAS: SÃO PAULO PASSA A FAZER PARTE DO MONITOR DE SECAS EM DEZEMBRO

Últimas Notícias:
greenTalks Sustentabilidade de Embalagens

greenTalks entrevista Bruno Pereira, CEO da Ecopopuli, sobre sustentabilidade de embalagens

O segundo episódio da temporada 2024 do videocast greenTalks – uma iniciativa pioneira entre a green4T e NEO MONDO para discutir o papel fundamental da tecnologia na promoção de um futuro mais sustentável – tem como entrevistado especial Bruno Pereira, Especialista em Sustentabilidade Positiva, Líder do Comitê de Sustentabilidade da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) e CEO da Ecopopuli.

Leia mais »
Gestão Resíduos Sólidos Urbanos

Estudo aponta caminhos para a gestão de resíduos sólidos urbanos

Apenas a cidade de São Paulo produz cerca de 20 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU) todos os dias, sendo 12 mil domiciliares e 8 mil da limpeza urbana, decorrentes de atividades de varrição, recolhimento de restos de feiras, podas e capinas. Considerando somente as 12 mil toneladas produzidas nas residências, isso dá uma média de aproximadamente 1 quilo de lixo por habitante ao dia.

Leia mais »
Lei do Bem Cagece

Lei do Bem: Cagece alcança R$ 3,6 milhões em benefícios fiscais através de investimentos em projetos de inovação tecnológica

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) é pioneira no Ceará em aliar os investimentos em projetos de inovação tecnológica e transformá-los em benefícios fiscais. Por meio da chamada “Lei do Bem” (nº 11.196/2005), a companhia conseguiu rastrear e inserir junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação um total de R$ 17 milhões, aportados em projetos de inovação nos últimos três anos, rendendo um retorno total de R$ 3,6 milhões em benefícios.  

Leia mais »
Política de Gerenciamento Resíduos Sólidos

Política de gerenciamento de resíduos sólidos em instituições públicas

O presente estudo aborda a problemática ambiental da geração de resíduos sólidos e a inadequação do gerenciamento destes nas instituições públicas. Considerando as limitações das opções de destinação final para os resíduos, é imprescindível minimizar as quantidades utilizadas dentro destas organizações por meio da redução, reutilização e reciclagem. Diante da Política Nacional de Resíduos Sólidos e em consonância com a agenda 2030, busca-se contribuir e apontar caminhos para o enfrentamento da grave questão.

Leia mais »