saneamento basico

Campinas determina multa para o consumidor pego lavando a calçada

A Prefeitura de Campinas (SP) alterou o período considerado de estiagem para até agosto devido ao período sem chuvas e temperaturas máximas na casa dos 35ºC, o que aumenta o consumo de água. A medida prevê até multa de três vezes o valor da conta de água em caso de o consumidor, reincidente, ser flagrado lavando calçada.
O decreto assinado pelo prefeito Jonas Donizette (PSB) na segunda-feira (3) proíbe o uso de água para limpeza de calçadas, tanto de imóveis residenciais quanto de comerciais. A fiscalização será da população, que pode denunciar abusos pelo telefone 0800 7721 195.

Após a denúncia, um técnico da Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento (Sanasa) fará a fiscalização. Se for confirmada, o proprietário do imóvel vai receber uma notificação. Em caso de reincidência, o consumidor será multado. “Há 84 anos a incidência de chuva não é tão baixa. Primeiro faremos a conscientização. Se continuar, aí sim vamos multar“, explica o diretor técnico da Sanasa, Marco Antônio Santos.

Os técnicos da empresa que distribui a água na cidade pedem que os consumidores façam economia, principalmente em banhos e ao lavar carros.

Racionamento
A estiagem na região de Campinas já causa mudanças no abastecimento de parte dos municípios. Valinhos (SP) começou a racionar a água aos moradores, para que os bairros em pontos mais altos também tenham água nas torneiras.“É uma medida emergencial, a gente na verdade está esperando que a chuva chegue, como normalmente é para ter nesse período do ano que chove bastante, os reservatórios vão se recuperando”, disse o presidente do Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (Daev), Luiz Mayr Neto.

Previsão do tempo
De acordo com o Cepagri da Unicamp, nesta terça-feira (4) o dia será ensolarado e não há previsão de chuvas generalizadas. No período da tarde podem ocorrer pancadas de chuva, mas isoladas e rápidas. A temperatura máxima pode chegar aos 35ºC.

Fonte: G1
Veja mais: http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2014/02/campinas-determina-multa-para-o-consumidor-pego-lavando-calcada.html

Últimas Notícias:
Membrana de nanofiltração

Avaliação de uma membrana de nanofiltração para a remoção de antibióticos da água: um estudo de caso com Sulfametoxazol, Norfloxacina e Tetraciclina

Nesse contexto, o presente estudo avalia a nanofiltração, uma tecnologia de membranas filtrantes, na remoção de três antibióticos largamente consumidos (Tetraciclina, Norfloxacina e Sulfametoxazol) da água. Foi empregada a membrana NF270 (DOW – FilmTec), uma membrana de poliamida com massa molecular de corte de 400 Da que foi avaliada em termos de produtividade e capacidade de remoção dos antibióticos.

Leia mais »