saneamento basico

Projeto proíbe corte de energia e água sem a presença do morador

Diante de muita reclamação dos munícipes, o vereador Wilson Kero Kero (SDD) apresentou na sessão ordinária desta terça-feira (03), na Câmara de Cuiabá, o projeto de lei que pretende proibir o corte no fornecimento dos serviços de água e energia elétrica, por falta de pagamento, sem que o morador seja avisado e esteja presente no ato do corte.

“Temos visto que o funcionário que faz o corte não chama o morador. Ele está de posse da ordem desse serviço e não averigua se a conta foi paga, por exemplo, numa lotérica, momento antes da chegada dele. Muitas vezes, com o morador na casa, eles não comunicam o corte, apenas fazem. Isso é um desrespeito, um descaso com o cidadão, razão de ser desses mesmos serviços”, justifica Kero Kero.

O projeto estabelece que o corte somente pode ser efetuado na presença do consumidor residente no domicílio, sendo que o executor do corte tem o dever de verificar se a fatura, que motivou a interrupção dos serviços, não foi paga em momento imediatamente anterior aquele ato.

Com o projeto, a comunicação entre o consumidor e o representante da concessionária acaba ficando obrigatório, já que, se for constatado o pagamento da fatura, o corte do serviço não será mais permitido. Mas, se o corte ocorrer mesmo assim, a suspensão do serviço será considerada indevida e o consumidor poderá acionar judicialmente a fornecedora do serviço.

Além disso, o projeto de lei de Wilson Kero Kero afirma que se houver a suspensão indevida, a concessionária será multada em, no mínimo, cem (100) vezes o valor da fatura que motivou o corte, sendo obrigada a executar a religação em, no máximo, cinco (5) horas, sem ônus para o consumidor.

O projeto de lei entrou em tramitação e agora, segue para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Casa de Leis.

Fonte: FolhaMax
Foto: Divulgação

Últimas Notícias:

#Comprometimento e Responsabilidade Técnica

Desde o início da criação da Comissão CE.010:105.007 – Comissão de Estudos de Produtos Químicos para Saneamento Básico, Água e Esgoto da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), em março de 2004, atuo como profissional voluntário e imparcial em prol da sociedade brasileira. Esta Comissão faz parte do CB-10, Comitê Brasileiro de Química da ABNT.

Leia mais »
Cagece Rede Esgoto Chuvas

Cagece orienta sobre cuidados com a rede de esgoto durante período chuvoso

Com o início quadra chuvosa em todo o Ceará, os cuidados com as redes de esgoto e de drenagem precisam ser redobrados, e para evitar obstruções, extravasamentos e alagamentos, a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) orienta que a população faça o uso correto dos dois sistemas. Dentre as principais orientações: não destinar água de chuva e lixo para a rede de esgoto da Cagece.

Leia mais »
Concessão Saneamento Itaú de Minas

Concessão do saneamento de Itaú de Minas já tem interessadas

Pelo menos duas empresas de saneamento do setor privado manifestaram interesse na concessão do serviço em Itaú de Minas, no Sul do Estado, durante a etapa de consulta pública, concluída em 21 de janeiro deste ano. As empresas são a Cristalina Saneamento e a Orbis Ambiental, que também disputou a licitação do serviço em Alpinópolis, cidade da mesma região e de tamanho similar a Itaú.

Leia mais »