saneamento basico

Guia de Compras

Elementos Filtrantes

Elementos Filtrantes

Os elementos filtrantes de polipropileno liso retêm sedimentos e contaminantes como barro, ferrugem, areia e outras matérias em suspensão na água.

Faça sua Cotação Agora

Descrição Completa

Os elementos filtrantes de polipropileno liso retêm sedimentos e contaminantes como barro, ferrugem, areia e outras matérias em suspensão na água. Indicado para etapas de pré-filtração de osmose reversa, reuso, nanofiltração e processos que exigem um grau de filtração nominal de até 1 micra.

Grau de Filtração: 1 – 5 – 10 – micra

Os elementos filtrantes bobinado permitem maior grau de retenção de areia, barro, ferrugem e outros contaminantes comparado a outros modelos de elementos. Os particulados mais finos são aprisionados para o centro do cartucho, permitindo maior aproveitamento durante o processo de filtração. Indicado para processos de pré-filtração Industrial, Tratamento de Água , pré -fi ltração do Sistema de Osmo se Revers a e Desmineralização.

Grau de Filtração: 1 – 5 – 10 micra

Os elementos filtrantes para filtro bag atendem processos de filtração com alta performance na retenção de particulados,

permitindo a utilização dos elementos por mais tempo com menor custo por material filtrado. As micras podem variar de 1-1500µ. Disponível em diversos tamanhos, modelos e tipos de materiais (polipropileno, poliéster ou Nylon).

Os elementos filtrantes de carvão ativado (carbon block) são utilizados para a retenção de matéria química orgânica, isenção de odor e cor indesejada. Proporciona a restrição contra a proliferação de contaminantes e bactérias.

Grau de Filtração: 1 – 5 – 10 micra.

Os elementos filtrantes plissado são indicados para processos de altas vazões com excelente performance no processo de filtração. Permite maior remoção de sedimentos com baixo custo operacional, podendo ser lavável e reutilizável.

Grau de Filtração: 1 – 5 – 10 micra

Vídeos, Artigos e Notícias - Mais Recentes
Mais que projetos, a Agência Estadual de Regulação (AGEMS) tem concretizado realizações com o protagonismo regulatório e o apoio a instituições e municípios na promoção do saneamento inclusivo.
Estabelece os teores máximos de metais que os resíduos utilizados no preparo de combustível derivado de resíduos perigosos poderão conter.
O estado de São Paulo atingiu a meta do Novo Marco Legal do Saneamento Básico de 90% da população coberta com coleta de esgoto, apresentando 90,54% de cobertura. A marca só perde para o Distrito Federal, que tem 92,30% de coleta.
O crescente número do consumo mundial de materiais plásticos, e consequente crescente geração de resíduos, tem aumentado o foco na evolução da economia circular e da gestão sustentável de resíduos.
Uma das iniciativas recém-anunciadas é a produção de tapetes automotivos pela Borkar a partir de retalhos de PVC descartados na fabricação dos bancos dos carros.
O tratamento de efluente industrial proveniente de processos específicos consiste em tratá-lo de modo a adequá-lo às normas e regulamentações vigentes para despejo no corpo receptor (rios) e/ou recuperá-lo de forma usá-lo como água de reúso para diversos fins.