saneamento basico
EUA Sacolas Plásticas

Nos EUA, leis evitam o uso de bilhões de sacolas plásticas por ano

EUA Sacolas Plásticas

Por: Natasha Olsen

Primeiramente quando pensamos no fim dos itens plásticos de uso único, as escolhas individuais são importantes, mas ações governamentais, como leis e normas, são capazes tem um impacto enorme – e fundamental.

É o que mostra o novo relatório Plastic Bag Bans Work (Proibição de Sacolas Plásticas Funciona, em português) que avaliou o resultado das proibições de sacolas plásticas nos Estados Unidos que reduziram em bilhões o número destes itens circulando em 3 estado e 2 cidades americanas.

Contudo publicado pelas organizações sem fins lucrativos Environment America, do US Public Interest Research Group Education Fund e do Frontier Group, o relatório descobriu que as proibições nos estados de Nova Jersey, Filadélfia e Vermont, e nas cidades, Portland, Oregon e Santa Bárbara, Califórnia, reduziram o número de sacolas plásticas descartáveis ​​usadas em cerca de 6 bilhões por ano.

Segundo a Environment America, o número de sacolas salvas poderia dar a volta ao planeta 42 vezes.

EUA Sacolas Plásticas

Mas outra informação importante do relatório é o impacto das proibições no uso pessoal de sacolas. Menos 300 sacolas descartáveis deixam de ser usadas por cada pessoa anualmente, em locais onde uma nova lei fosse implantada. De acordo com o relatório, mais de 500 municípios em 28 estados tinham legislação sobre sacolas plásticas em vigor em 2021. Além disso, 12 estados proibiram sacolas plásticas descartáveis: Califórnia, Colorado, Connecticut, Delaware, Havaí, Maine, Nova Jersey, Nova Iorque, Oregon, Rhode Island, Vermont e Washington. As proibições em todo o estado no Colorado e Rhode Island entraram em vigor no início de 2024.

“O resultado final é que a proibição de sacolas plásticas funciona”, disse Faran Savitz, defensor do desperdício zero do PennEnvironment Research & Policy Center, em um comunicado à imprensa. “Milhões de habitantes da Pensilvânia perceberam que é fácil viver sem sacolas plásticas e se acostumaram a trazer uma sacola de casa ou pular uma sacola quando podem. Isso significa menos desperdício e menos lixo. Para que nossos filhos herdem uma terra menos poluída, é exatamente disso que precisamos.”

Sacolas

Além dos benefícios da proibição de itens de plástico de uso único, os pesquisadores descobriram que algumas empresas encontraram maneiras de usar lacunas na legislação. Um exemplo é a substituição de sacolas de plástico mais fino por sacolas de plástico grosso que são classificadas como recicláveis, algo permitido em alguns estados americanos. Na Califórnia, onde as sacolas plásticas são proibidas desde 2016, estes modelos de plástico mias grosso é vendido por 10 centavos em diversos estabelecimentos. Com essa legislação, o peso das sacolas plásticas utilizadas e descartadas por pessoa aumentou.

Ademais outra troca realizada em diversos locais avaliados é a de sacolas plásticas por sacolas de papel. Pois que ainda são sacolas descartáveis, com ou sem cobrança de taxa – a taxa de 10 centavos. Na rede Mountain View, na Califórnia, fez com que o uso da versão de papel caísse. Já na Filadélfia o uso de sacolas de papel aumentou 157% com a proibição das sacolas plásticas – quando as opções em papel estavam disponíveis gratuitamente.

Celeste Meiffren-Swango, coautora do relatório e diretora de campanha do Centro de Pesquisa e Política da América Ambiental, reforça que a “intenção dessas leis não é mudar de uma sacola descartável para outra sacola descartável”, disse. “O papel tem seu próprio impacto ambiental”. As melhores alternativas são as sacolas efetivamente resistentes e duráveis, como os modelos de pano.

Leis

Mas como tal, os autores do relatório concluíram que políticos comprometidos com a causa ambiental devem implementar legislações consistentes, e sem brechas, para proibir o uso de qualquer tipo de sacolas de plástico descartáveis, incluindo os rotulados como “reutilizáveis” feitos de plástico grosso, bem como cobrar uma taxa pela utilização de sacos de papel para incentivar o uso de sacolas reutilizáveis de verdade, como as ecobags de pano.

Em suma para estimular a mudança de hábitos e reforçar o uso de sacolas retornáveis, uma calculadora online calculadora online da Environment America mostra para a população o impacto das proibições locais de sacolas plásticas.

Fonte: Ciclo Vivo.

Últimas Notícias:
Tratamento de Efluentes Gratt

Como o Correto Tratamento de Efluentes pode impactar a Natureza?

Como o correto tratamento de Efluentes Sanitários impacta na natureza e na sociedade como um todo? Você sabia que o tratamento adequado de efluentes sanitários tem um papel crucial na preservação da natureza? Quando o esgoto não recebe o tratamento necessário, ele acaba sendo despejado diretamente em rios, lagos e oceanos, causando sérios danos ao meio ambiente.

Leia mais »
Saneamento Básico Escolas Creches

Senado quer prioridade em saneamento básico nas escolas e creches públicas

Nesta terça-feira (20/2), a Comissão de Infraestrutura (CI) do Senado Federal votará o Projeto de Lei (PL) 2.298/2021 que assegura prioridade de acesso ao saneamento básico para escolas e creches públicas. De autoria do senador Wellington Fagundes (PL-MT), o projeto busca modificar as diretrizes nacionais para o saneamento básico, garantindo que instituições de ensino tenham acesso à água potável, esgotamento sanitário e coleta de resíduos.

Leia mais »
Linedata Gestão de Ativos Saneamento

Maximizando a eficiência no saneamento: A Importância na Formação de Dados e Gestão dos Ativos de Rede

No mundo contemporâneo, a eficiência no saneamento é um fator crítico para o desenvolvimento sustentável e a saúde pública. A LINEDATA, reconhecendo essa necessidade, enfatiza a importância de uma gestão eficaz dos dados e dos ativos de rede no setor de saneamento. Esta abordagem é fundamental para acelerar a coleta e análise de informações, resultando em decisões mais rápidas, redução de perdas de água e otimização dos resultados operacionais.

Leia mais »
Sabesp Regulação Privatização

Sabesp: os avanços (e os poréns) da regulação pós-privatização

Um dos passos mais relevantes para o processo de privatização da Sabesp, o novo modelo regulatório para a companhia, colocado em consulta pública hoje pelo governo o Estado, veio em linha com as (altas) expectativas do mercado – e deve dar um impulso para que as ações ganhem fôlego na oferta que deve marcar a diluição da participação estatal, prevista para junho. 

Leia mais »
Problemas Saneamento Básico

Alarmante: quase metade das moradias no Brasil possuem problemas de saneamento básico

Saneamento básico, que engloba o acesso a água potável, coleta e tratamento de esgoto, manejo de resíduos sólidos e drenagem de águas pluviais, é algo crucial para o desenvolvimento socio-econômico de um país. No Brasil, a situação está muito distante do que seria considerado ideal. De acordo com dados recentes do estudo realizado pelo Instituto Trata Brasil quatro milhões de brasileiros não possuem banheiro em suas residências.

Leia mais »