saneamento basico
lagoas

Limpeza das lagoas urbanas de Linhares/ES está 80% concluída

Os trabalhos se concentram na lagoa localizada entre os bairros Araçá e Interlagos, e entre o Shell e Interlagos.

Quem passa próximo às lagoas urbanas de Linhares, nos trechos da Linha Verde – sentido Jardim Laguna/Palmital e bairro Interlagos –, além das lagoas que compreendem as pontes que ligam o bairro Shell ao Interlagos, e o Araçá ao Interlagos, já podem observar áreas limpas, livres de macrófitas e demais resíduos que são descartados às margens das lagoas.

Isto porque desde o início do ano, a Prefeitura de Linhares, por meio Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam), realiza a limpeza de todo o espelho d’água das lagoas urbanas do município, por meio da remoção de resíduos e de macrófitas (plantas aquáticas), que se proliferam devido ao depósito de material orgânico nas lagoas, ocasionado por ligações clandestinas de esgoto.

Até o momento, os serviços estão 80% concluídos e já foram removidos toneladas de material orgânico e inorgânico (plástico, vidro e alumínio).  Os trabalhos se concentram na lagoa localizada entre os bairros Araçá e Interlagos, e entre o Shell e Interlagos.

LEIA TAMBÉM: SANEPAR FAZ DRAGAGEM DE RESÍDUOS DO RIO CASCAVEL/PR

Ligação Clandestina

“Esse é um trabalho árduo e necessário, pois visa conter a multiplicação da vegetação aquática, que, em grande quantidade, bloqueia a passagem de luz solar até a profundeza da lagoa – o que gera a baixa oxigenação da água e, consequentemente, a morte de peixes e demais espécies aquáticas”, explica o secretário municipal de Meio Ambiente, Fabrício Borghi Folli.

Após a conclusão dos trabalhos, a Semam e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) do município reforçarão a fiscalização das ligações clandestinas de esgoto nas lagoas. Por isso, a Prefeitura solicita à população que evite o despejo de resíduos nas lagoas e suas margens, para que os materiais não sejam levados aos mananciais, causando sua poluição.

Fonte: O Ribanense.

Últimas Notícias:
greenTalks Sustentabilidade de Embalagens

greenTalks entrevista Bruno Pereira, CEO da Ecopopuli, sobre sustentabilidade de embalagens

O segundo episódio da temporada 2024 do videocast greenTalks – uma iniciativa pioneira entre a green4T e NEO MONDO para discutir o papel fundamental da tecnologia na promoção de um futuro mais sustentável – tem como entrevistado especial Bruno Pereira, Especialista em Sustentabilidade Positiva, Líder do Comitê de Sustentabilidade da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) e CEO da Ecopopuli.

Leia mais »
Gestão Resíduos Sólidos Urbanos

Estudo aponta caminhos para a gestão de resíduos sólidos urbanos

Apenas a cidade de São Paulo produz cerca de 20 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU) todos os dias, sendo 12 mil domiciliares e 8 mil da limpeza urbana, decorrentes de atividades de varrição, recolhimento de restos de feiras, podas e capinas. Considerando somente as 12 mil toneladas produzidas nas residências, isso dá uma média de aproximadamente 1 quilo de lixo por habitante ao dia.

Leia mais »
Lei do Bem Cagece

Lei do Bem: Cagece alcança R$ 3,6 milhões em benefícios fiscais através de investimentos em projetos de inovação tecnológica

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) é pioneira no Ceará em aliar os investimentos em projetos de inovação tecnológica e transformá-los em benefícios fiscais. Por meio da chamada “Lei do Bem” (nº 11.196/2005), a companhia conseguiu rastrear e inserir junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação um total de R$ 17 milhões, aportados em projetos de inovação nos últimos três anos, rendendo um retorno total de R$ 3,6 milhões em benefícios.  

Leia mais »
Política de Gerenciamento Resíduos Sólidos

Política de gerenciamento de resíduos sólidos em instituições públicas

O presente estudo aborda a problemática ambiental da geração de resíduos sólidos e a inadequação do gerenciamento destes nas instituições públicas. Considerando as limitações das opções de destinação final para os resíduos, é imprescindível minimizar as quantidades utilizadas dentro destas organizações por meio da redução, reutilização e reciclagem. Diante da Política Nacional de Resíduos Sólidos e em consonância com a agenda 2030, busca-se contribuir e apontar caminhos para o enfrentamento da grave questão.

Leia mais »