saneamento basico

Pesquisa mostra Sabesp como a 3ª instituição mais confiável para os paulistanos

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) acaba de ser apontada por 82% dos paulistanos como a terceira instituição mais confiável, ficando atrás apenas do Corpo de Bombeiros (92%) e dos Correios (88%), segundo pesquisa realizada pelo Ibope Inteligência para a Rede Nossa São Paulo. Neste ranking, a companhia de saneamento subiu uma posição em relação ao estudo de 2012. A avaliação da empresa cresceu 12 pontos percentuais na comparação com 2011, quando havia registrado índice de confiança de 70%.

A pesquisa é um reconhecimento dos paulistanos ao foco que a Sabesp tem dado à prestação de serviços com qualidade. Isso nos motiva ainda mais a aprimorar nosso trabalho e continuar na busca pelo nosso principal compromisso com a população: a universalização do saneamento nas cidades em que atuamos”, afirma Dilma Pena, diretora-presidente da Sabesp.

Além de levantar e monitorar indicadores sobre a satisfação com a qualidade de vida na cidade, condições de moradia, avaliação de serviços e de instituições públicas, a iniciativa conhecida como Irbem (Indicadores de Referência de Bem-Estar no Município) tem o objetivo de formar um conjunto de indicadores para que a própria sociedade civil, governos, empresas e instituições conheçam as condições e os modos de vida dos cidadãos, a fim de que as ações públicas e privadas tenham como foco principal o bem-estar das pessoas.

Metodologia
A pesquisa quantitativa, realizada entre 3 e 23 de dezembro de 2013, contou com aplicação de questionário estruturado por meio de entrevistas pessoais. Foram ouvidos 1.512 moradores do município de São Paulo com 16 anos de idade ou mais. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. Os resultados foram ponderados a fim de restabelecer a proporção de moradores de cada região da capital.

Fonte: Aesbe
Veja mais: http://www.aesbe.org.br/conteudo/9468

Últimas Notícias:
Membrana de nanofiltração

Avaliação de uma membrana de nanofiltração para a remoção de antibióticos da água: um estudo de caso com Sulfametoxazol, Norfloxacina e Tetraciclina

Nesse contexto, o presente estudo avalia a nanofiltração, uma tecnologia de membranas filtrantes, na remoção de três antibióticos largamente consumidos (Tetraciclina, Norfloxacina e Sulfametoxazol) da água. Foi empregada a membrana NF270 (DOW – FilmTec), uma membrana de poliamida com massa molecular de corte de 400 Da que foi avaliada em termos de produtividade e capacidade de remoção dos antibióticos.

Leia mais »