saneamento basico

Edital de dessalinização de água marinha para a Região Metropolitana de Fortaleza/CE está disponível para consulta pública

O Governo do Ceará, por meio da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), disponibiliza, a partir desta sexta-feira (8), as minutas de edital de dessalinização da água

O edital segue o modelo de concorrência internacional do tipo menor preço, sob modelagem de parceria público-privada (PPP). “Essa é uma parceria prioritária para o Governo, até porque vai ser uma alternativa de fornecimento de água para o estado do Ceará, que vive há muitos anos em situação de seca e que este ano tem uma perspectiva mais positiva. Continuamos buscando alternativas e estamos trabalhando”, afirmou o governador Camilo Santana durante coletiva de imprensa no Palácio da Abolição na manhã de sexta-feira (8).

Os documentos, previamente aprovados pelo Comitê Gestor de Parceria Público-Privada do Estado do Ceará, encontram-se disponíveis para consulta pública até o dia 11 de março de 2019 no portal da Cagece.

A disponibilização para consulta pública é o momento destinado à sociedade em geral para obtenção de informações, opiniões e críticas a respeito dos documentos. Todas as contribuições devem ser enviadas para o endereço eletrônico [email protected], seguindo a estruturação de texto do formulário também disponibilizado no site da companhia.

Saiba mais

A planta de dessalinização de água marinha será construída com o objetivo de diversificar a matriz hídrica do Estado, de forma que o abastecimento da população não dependa apenas das chuvas. Assim, o macrossistema integrado da Região Metropolitana de Fortaleza contará com incremento de 12% na oferta de água, beneficiando cerca de 720 mil pessoas.

Fonte: Cagece

Últimas Notícias:
Risco Ambiental Fármacos Esgoto

Avaliação de risco ambiental de fármacos e desreguladores endócrinos presentes no esgoto sanitário brasileiro

Este estudo investigou a ocorrência, remoção e impacto na biota aquática de 19 contaminantes de preocupação emergente (CEC) comumente reportados no esgoto brasileiro bruto e/ou tratado. Para 14 CEC (E1, E2, EE2, GEN, DCF, PCT, BPA, IBU, NPX, CAF, TMP, SMX, CIP, LEV), sua presença em esgoto tratado apresentou um alto risco ambiental em pelo menos 2 dos 6 cenários de diluição considerados.

Leia mais »
greenTalks Sustentabilidade de Embalagens

greenTalks entrevista Bruno Pereira, CEO da Ecopopuli, sobre sustentabilidade de embalagens

O segundo episódio da temporada 2024 do videocast greenTalks – uma iniciativa pioneira entre a green4T e NEO MONDO para discutir o papel fundamental da tecnologia na promoção de um futuro mais sustentável – tem como entrevistado especial Bruno Pereira, Especialista em Sustentabilidade Positiva, Líder do Comitê de Sustentabilidade da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) e CEO da Ecopopuli.

Leia mais »
Gestão Resíduos Sólidos Urbanos

Estudo aponta caminhos para a gestão de resíduos sólidos urbanos

Apenas a cidade de São Paulo produz cerca de 20 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU) todos os dias, sendo 12 mil domiciliares e 8 mil da limpeza urbana, decorrentes de atividades de varrição, recolhimento de restos de feiras, podas e capinas. Considerando somente as 12 mil toneladas produzidas nas residências, isso dá uma média de aproximadamente 1 quilo de lixo por habitante ao dia.

Leia mais »