saneamento basico
cop-27

Pequenos negócios da área de energia renovável marcam presença na COP-27

Imagem Ilustrativa

Os pequenos negócios do Brasil que atuam no setor de energia terão destaque na programação oficial da 27ª Conferência das Nações Unidas (ONU) sobre Mudanças Climáticas (COP-27).

O palco “Empreendedor Sebrae” vai apresentar para a comunidade internacional o potencial das micro e pequenas empresas brasileiras na geração de energia limpa e renovável, bem como na gestão mais eficiente desse recurso.

Neste ano, a COP-27 acontece de 6 a 18 de novembro na cidade de Sharm EL Sheik, no Egito. Com o lema “Juntos pela Implementação”, a ONU sinaliza que o centro das discussões será o avanço dos acordos firmados anteriormente, como o Acordo de Paris, de 2015. Cerca de 90 líderes de estado já confirmaram presença. O Sebrae integra a delegação brasileira junto com o Ministério do Meio Ambiente.

De acordo com o presidente do Sebrae, Carlos Melles, a missão da instituição na COP -27 é apresentar como as micro e pequenas empresas do país podem contribuir para a aceleração do cumprimento das metas e ações de enfrentamento das mudanças climáticas. “O mundo precisa conhecer as soluções brasileiras que podem contribuir para promover uma economia mais verde, com boas práticas. Temos uma matriz energética diversificada e segura e, ao mesmo tempo, um ambiente de negócios favorável para o desenvolvimento sustentável”, ressalta.


LEIA TAMBÉM: AGEMS apresenta ações para o desenvolvimento de energia renovável em MS

Ampla programação

O Sebrae vai compor o estande do Ministério do Meio Ambiente e contará ainda com o palco “Empreendedor Sebrae”, com palestras e transmissões on-line. Ao todo, estão programados 40 painéis, no período de 8 a 17 de novembro, com a participação de empreendedores e parceiros.

A ampla programação inclui apresentações sobre temas como o potencial energético do Brasil e as oportunidades, estratégias e fontes de financiamento de energias limpas, pesquisa e inovação na energia, descarbonização nas cadeias produtivas, entre outros.

Fórum de Energias

O Fórum Energias Renováveis – Energia Sem Limites, que acontece nos dias 8 e 9 de novembro, em Natal (RN), também vai fazer parte da programação remota da COP 27. O evento paralelo é uma realização do Sebrae, Polo Sebrae de Energias Renováveis, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Federação Nacional das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN).

A Edição 2022 do evento traz os principais temas para o fortalecimento do setor de energias, a partir de discussões sobre a centralidade das energias renováveis para o desenvolvimento do Brasil, os pequenos negócios e o mercado de carbono e o biogás e o hidrogênio na perspectiva dos pequenos negócios. Serão dois dias de muita interação, conteúdo e networking nos espaços Arena Solar e Eólica, Espaço Talk e Espaço Network.

Fonte: AB.

Últimas Notícias:
greenTalks Sustentabilidade de Embalagens

greenTalks entrevista Bruno Pereira, CEO da Ecopopuli, sobre sustentabilidade de embalagens

O segundo episódio da temporada 2024 do videocast greenTalks – uma iniciativa pioneira entre a green4T e NEO MONDO para discutir o papel fundamental da tecnologia na promoção de um futuro mais sustentável – tem como entrevistado especial Bruno Pereira, Especialista em Sustentabilidade Positiva, Líder do Comitê de Sustentabilidade da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) e CEO da Ecopopuli.

Leia mais »
Gestão Resíduos Sólidos Urbanos

Estudo aponta caminhos para a gestão de resíduos sólidos urbanos

Apenas a cidade de São Paulo produz cerca de 20 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU) todos os dias, sendo 12 mil domiciliares e 8 mil da limpeza urbana, decorrentes de atividades de varrição, recolhimento de restos de feiras, podas e capinas. Considerando somente as 12 mil toneladas produzidas nas residências, isso dá uma média de aproximadamente 1 quilo de lixo por habitante ao dia.

Leia mais »
Lei do Bem Cagece

Lei do Bem: Cagece alcança R$ 3,6 milhões em benefícios fiscais através de investimentos em projetos de inovação tecnológica

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) é pioneira no Ceará em aliar os investimentos em projetos de inovação tecnológica e transformá-los em benefícios fiscais. Por meio da chamada “Lei do Bem” (nº 11.196/2005), a companhia conseguiu rastrear e inserir junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação um total de R$ 17 milhões, aportados em projetos de inovação nos últimos três anos, rendendo um retorno total de R$ 3,6 milhões em benefícios.  

Leia mais »
Política de Gerenciamento Resíduos Sólidos

Política de gerenciamento de resíduos sólidos em instituições públicas

O presente estudo aborda a problemática ambiental da geração de resíduos sólidos e a inadequação do gerenciamento destes nas instituições públicas. Considerando as limitações das opções de destinação final para os resíduos, é imprescindível minimizar as quantidades utilizadas dentro destas organizações por meio da redução, reutilização e reciclagem. Diante da Política Nacional de Resíduos Sólidos e em consonância com a agenda 2030, busca-se contribuir e apontar caminhos para o enfrentamento da grave questão.

Leia mais »