saneamento basico

Brasil-Alemanha aborda a problemática dos resíduos sólidos

Com o tema Resíduos Sólidos: minimização e valorização, a segunda edição do Simpósio Brasil-Alemanha em Meio Ambiente Urbano e Industrial (MAUI) será realizada em Curitiba, de 5 a 7 de abril.

Para fomentar a troca de conhecimentos e informações sobre a gestão dos resíduos sólidos, desde a sua geração até a destinação final, o 2º Simpósio MAUI abordará questões como tratamento, valoração energética, destinação e aproveitamento de lodos domésticos e industriais e o futuro do aterro sanitário.

Coordenado e organizado pelo Mestrado em Meio Ambiente Urbano e Industrial (MAUI) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – Seção Paraná, o evento tem o apoio do Centro Alemão de Ciência e Inovação de São Paulo (DWIH-SP).

A programação do simpósio, que conta com a participação de especialistas dos dois países, contempla também três minicursos internacionais, que serão ministrados por profissionais com vasta atuação e reconhecimento nesse campo de estudo, visando aprofundar o conhecimento do público sobre os principais assuntos tratados ao longo do simpósio. Os cursos, oferecidos no período das 18h às 22h30, abordarão os seguintes tópicos: Valoração Energética de Resíduos Sólidos; Minimização de Resíduos; e Análise Técnica e Econômica de Projetos de Tratamento Mecânico Biológico (TMB) com Uso de Biogás.

Entre os palestrantes das universidades alemãs estão Klaus Martin Fischer, Matthias Rapf e Daniela Neuffer, da Universität Stuttgart, e Carla Cimatoribus, da universidade de ciências aplicadas Hochschule Esslingen.

O evento é uma grande oportunidade para pesquisadores e gestores públicos discutirem soluções para a efetivação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), instituída pela Lei 12.305/10, que prevê, entre outros avanços sociais, econômicos e ambientais, o encerramento de todos os lixões no país.

Como a grande maioria dos municípios não conseguiu cumprir o prazo limite para a extinção dos lixões, agosto de 2014, o Senado Federal aprovou o PLS 425/2014, que prorroga essa data, de forma escalonada, de acordo com o porte e as características dos municípios, para 2018 a 2021.

A troca de experiências e conhecimentos entre os especialistas brasileiros e alemães, durante as atividades do 2º Simpósio MAUI, pode ser um passo importante na retomada das metas da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Serviço

2º Simpósio MAUI Brasil-Alemanha

Data: 5 a 7 de abril

Endereço: Centro de Eventos do Sistema FIEP (Auditório Caio Amaral Gruber)

Av. Comendador Franco, 1341 – Jardim Botânico – Curitiba – PR

Acesse: http://www.prppg.ufpr.br:8080/2sbamaui/inicio

Últimas Notícias:
Projetos ESG Resultados no Saneamento

Projetos ESG e seus resultados no saneamento

Projetos ESG são práticas adotadas por empresas com base em critérios ambientais, sociais e de governança corporativa. A implementação bem-sucedida de projetos ESG reduz riscos e impactos sociais, ambientais e financeiros das operações. Dessa forma, atraem investidores e contribuem para a sustentabilidade das atividades.

Leia mais »
Descarte Correto de Resíduos

Saiba como descartar resíduos corretamente e evitar doenças como a dengue

Além de crime ambiental, o descarte irregular de resíduos sólidos traz diversos prejuízos ao meio ambiente e à população. Estes pontos se tornam ambientes propícios para a proliferação de vetores de doenças, levando às situações de alagamentos em período de chuva, comprometendo a qualidade do ambiente e da paisagem do local, além de gerar o aumento dos custos públicos com a remoção do material descartado de forma incorreta e também dos gastos com saúde pública.

Leia mais »
Contrato Sabesp Vale do Paraíba

Novo contrato da Sabesp prevê aporte de R$ 18,6 bilhões no Vale do Paraíba até 2060

Atualmente em consulta pública, o novo contrato da Sabesp encontra-se em processo de desestatização, proposto pelo governo do estado de São Paulo. Os investimentos estão previstos em R$ 18,6 bilhões até o ano de 2060, no Vale do Paraíba e Litoral Norte. Cerca de R$ 5 bilhões serão destinados à universalização do saneamento básico nas 28 cidades atendidas pela Sabesp na região até 2029. As obras que pretendem levar água potável, coleta e tratamento de esgoto para toda a população, foram definidas com as prefeituras.

Leia mais »
Dmae Fumaça Ligações Irregulares

Dmae de Uberlândia/MG vai iniciar testes de fumaça para identificar ligações irregulares de esgoto

A partir da próxima segunda-feira (4), o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) iniciará testes de fumaça para detectar ligações irregulares na rede de esgoto do município. O primeiro bairro atendido será a região do bairro Pampulha. O local em questão foi escolhido para iniciar os trabalhos devido ao grande número de chamados para desobstrução de rede, especialmente em período de chuva. Futuramente, outros bairros da cidade receberam os mesmos testes.

Leia mais »
Manejo de Resíduos Biometano Brasileiro

Ao custo global de R$ 3,1 tri, manejo de resíduos pode virar negócio, como o biometano brasileiro

Segundo alerta feito pela ONU nesta quarta-feira, 28, o volume de resíduos no mundo, que atingiu 2,3 bilhões de toneladas em 2023, continuará crescendo exponencialmente, até 3,8 bilhões de toneladas até meados deste século. A crise será ainda mais grave nos países onde os métodos de tratamento ainda são poluentes: aterros sanitários (contaminação do solo, emissões de poluentes e gases de efeito estufa, como o metano) e incineração sem recuperação.

Leia mais »