saneamento basico
Tratamento de Água e Efluentes por Dessalinização

A Revolução no Tratamento de Água e Efluentes por Dessalinização

Você está pronto para descobrir uma tecnologia inovadora que está transformando o setor de tratamento de água e efluentes?

Apresento a você a Eletrodiálise Reversa (EDR), uma solução superior à Osmose Reversa (OR) em diversos aspectos, entregando resultados excepcionais e reduzindo significativamente os custos operacionais. Neste artigo, exploraremos as diferenças positivas da Eletrodiálise Reversa em comparação com a Osmose Reversa, além de destacar seu papel crucial no futuro do tratamento de água e efluentes e seu impacto positivo no meio ambiente.

LEIA TAMBÉM: Congresso Internacional Aladyr Brasil

Iniciamos pontuando a incrível taxa de reaproveitamento do volume a ser tratado. Com a Eletrodiálise Reversa (EDR) estamos falando de recuperar de até 95% do volume tratado e 98% de redução da condutividade a depender das características da água ou do efluente em questão.

Esquema do Princípio da Eletrodiálise Reversa onde a água ou efluente passam PERMEANDO as membranas e ocorre a dissociação iônica.

Esquema do princípio da Osmose Reversa onde a água necessita ATRAVESSAR as membranas sob pressão e ocorre o processo de filtragem.

Quando comparamos a Eletrodiálise Reversa com a Osmose Reversa, fica evidente que a primeira apresenta uma série de benefícios significativos. Em primeiro lugar, a EDR utiliza membranas seletivas, onde ocorre a dissociação iônica que permitem a passagem seletiva de íons, tornando-a extremamente eficiente na remoção de sais dissolvidos.

Além disso, a Eletrodiálise Reversa oferece uma vantagem competitiva importante: seus custos operacionais são consideravelmente menores em comparação com a Osmose Reversa. Isso se deve ao fato de que a EDR emprega bombas de baixa pressão para operar, resultando em um consumo de energia significativamente reduzido. Além disso, a EDR não requer a utilização de produtos químicos anti-incrustante, o que resulta em economia de custos e também em benefícios ambientais já que o rejeito da EDR baseia-se um concentrado de sais.

Agora, vamos olhar para o futuro. A Eletrodiálise Reversa está destinada a revolucionar o tratamento de água e efluentes nos próximos anos. Com seu desempenho superior e custos operacionais mais baixos, a EDR tem o potencial de se tornar a solução preferida em uma ampla gama de setores, principalmente quando o assunto é reúso de efluentes. Seu impacto positivo no meio ambiente também é inegável, uma vez que a EDR reduz a necessidade de descarte de água contaminada e promove o reúso de água, ajudando a preservar os recursos hídricos e contribuindo para um futuro mais sustentável.

Fonte: Linkedin.

Últimas Notícias: