saneamento basico

Período de estiagem não compromete abastecimento de água em Resende

Apesar das altas temperaturas registradas nas últimas semanas e a ausência da chuva, a população resendense não precisa se preocupar com a falta de abastecimento na região. Isso porque a concessionária Águas das Agulhas Negras ampliou a capacidade de produção de água potável de 465 litros por segundo para 740 litros por segundo, volume esse que garante a autossuficiência em água tratada pelas próximas décadas.

Nos últimos seis anos a empresa realizou investimentos expressivos para o município, tais como as reformas e melhorias nas estações de tratamento e redes de água existentes; a inauguração da maior Estação de Tratamento de Água – ETA Alegria – considerada a principal unidade de tratamento de água do município, com capacidade para tratar até 200 litros de água por segundo.

Paralelo a esse projeto houve a implantação de uma adutora de água tratada, com quatro mil metros de extensão, responsável por transportar a água produzida na ETA Alegria para o reservatório de 3 milhões de litros, construído no bairro Liberdade. Doze milhões de reais foram gastos para que essas obras fossem concluídas com qualidade para o cidadão resendense.

De acordo com o superintendente da empresa, Ivan Cezar Moura, os diversos sistemas de distribuição de água cresceram em mais de um milhão de água tratada em litros por hora. “Esse resultado é um avanço para o município, com isso atingimos a universalização da população atendida com água potável”, contou Moura.

No entanto, Ivan esclarece que é importante que os moradores estejam atentos às práticas para um consumo sustentável. “Apesar de não termos problemas com os mananciais que abastecem o município, a população deve se preocupar com a preservação da água e do meio ambiente em qualquer época do ano, pois se trata de um bem econômico, onde o consumo desordenado pode refletir no registro do hidrômetro e, evidentemente, no bolso do usuário”, finalizou.

Fonte: Águas do Brasil
Veja mais: http://www.grupoaguasdobrasil.com.br/aguas-agulhasnegras/2014/02/07/periodo-de-estiagem-nao-compromete-abastecimento-de-agua-em-resende/

Últimas Notícias:
Membrana de nanofiltração

Avaliação de uma membrana de nanofiltração para a remoção de antibióticos da água: um estudo de caso com Sulfametoxazol, Norfloxacina e Tetraciclina

Nesse contexto, o presente estudo avalia a nanofiltração, uma tecnologia de membranas filtrantes, na remoção de três antibióticos largamente consumidos (Tetraciclina, Norfloxacina e Sulfametoxazol) da água. Foi empregada a membrana NF270 (DOW – FilmTec), uma membrana de poliamida com massa molecular de corte de 400 Da que foi avaliada em termos de produtividade e capacidade de remoção dos antibióticos.

Leia mais »