saneamento basico

Privatização do Saae Sao Carlos vira tiroteio entre os vereadores

A polêmica sobre a concessão ou privatização do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) continuou na sessão desta terça-feira, 21, na Câmara Municipal. Os vereadores Lineu Navarro (PT), Roselei Françoso (PT), Ronaldo Lopes (PT) e Walcinyr Bragatto (PV) assinaram um documento onde asseguram votar contra qualquer iniciativa nesta legislatura de se vender a autarquia. O vereador Aparecido Donizete Penha (PPS) não assinou o documento, mas disse ser contrário à privatização. Outro que se posicionou contra a venda do Saae foi Antonio Carlos Catharino (PTB).

O presidente da Câmara, Marquinho Amaral (PSDB), reiterou seu compromisso de que não existe nada sobre a privatização, mas apenas boatos e que ele é contra a venda da autarquia. “Não precisamos assinar documentos, temos o compromisso assumido com o Sindspam de que se chegar algo aqui na Câmara sobre o assunto, convocaríamos a comissão do sindicato para discutir o caso, estivemos com os servidores e conversamos com eles e deixamos tudo muito claro, o diretor do Saae, Sérgio Pepino, disse que a autarquia é rentável ao município e que dá lucro”, salientou.

Marquinho reafirmou que o que se está discutindo na Câmara é a revisão da Lei Orgânica e não privatização do Saae. O Sindspam (sindicato dos servidores) teme que o artigo 128 da LOM seja modificado permitindo que se abra a possibilidade para a privatização ou concessão do Saae.

Já Eduardo Brinquedos (PSC) disse que se determinado serviço não funcionar, ele não fará média com ninguém. O vereador destacou que no Jardim Centenário existem vazamentos há meses. “Se fosse numa empresa…”, destacou.

O parlamentar falou que não votará contra proposituras para que pessoas “fiquem coçando”. “Fomos eleitos para arregaçar as mangas e transformar essa cidade que precisa muito, precisamos trabalhar, pois hoje fiquei de saco cheio de ouvir blá, blá, blá que não sai do lugar”, falou.

Já o vereador Dé Alvim (Solidariedade) disse que é favor da concessão. Ele afirmou que esteve em locais como o Belvedere reunido com moradores que estavam sem água e que no seu bairro o Cidade Aracy, anda saindo “vento” da torneira. “Sou a favor da concessão, pois quem sabe assim não se acaba com a falta de água em São Carlos?, perguntou”

Segundo ele, as obras prometidas por Sérgio Pepino para sanar a falta de água na cidade estão demorando muito para serem construídas.

Dé atirou verbalmente no assessor da presidência, Acenir Magalhães. Ele afirmou que o mesmo precisa ser menos arrogante. “Os responsáveis pelo Saae precisam ser chamados a essa Casa, precisam colocar o Saae em dia”, finalizou.

Últimas Notícias:
Membrana de nanofiltração

Avaliação de uma membrana de nanofiltração para a remoção de antibióticos da água: um estudo de caso com Sulfametoxazol, Norfloxacina e Tetraciclina

Nesse contexto, o presente estudo avalia a nanofiltração, uma tecnologia de membranas filtrantes, na remoção de três antibióticos largamente consumidos (Tetraciclina, Norfloxacina e Sulfametoxazol) da água. Foi empregada a membrana NF270 (DOW – FilmTec), uma membrana de poliamida com massa molecular de corte de 400 Da que foi avaliada em termos de produtividade e capacidade de remoção dos antibióticos.

Leia mais »