saneamento basico

Governo de Sergipe autoriza investimento de R$ 39,7 mi para implantação de sistema de esgotamento em Socorro

O governo de Sergipe dá continuidade à reestruturação da rede de esgotamento sanitário do estado e anuncia a implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário da Bacia do Rio Poxim, em Nossa Senhora do Socorro. A ordem de serviço no valor de que ultrapassa os R$ 39,7 milhões foi assinada na última sexta-feira, 10, pelo governador Jackson Barreto.

O investimento inclui a implantação do sistema de esgotamento sanitário da Bacia do Rio Poxim – Sub-Bacias 2A, 2B e 2C e da estação de tratamento no município e beneficiará mais de 35 mil pessoas.

Obra
A rede coletora de esgoto que será implantada no Parque dos Faróis terá extensão de 30.004 m. Serão construídas quatro estações de elevatórias de esgoto e uma estação de tratamento com capacidade de 150 l/s.

Para Jackson Barreto, a implantação da rede de esgotamento sanitário demonstra o compromisso da gestão estadual com as comunidades carentes de Socorro. “Compromisso com o povo é investir quase R$ 40 milhões no esgotamento sanitário do Parque dos Faróis. Estou feliz por anunciar mais de 30 quilômetros de rede de esgoto porque isso significa oferecer dignidade aos sergipanos. O mesmo governo que investe no saneamento do bairro Jardins, em Aracaju, anuncia esgotamento no Parque dos Faróis. Isso é coerência, é governar para todos. Temos compromisso com Nossa Senhora de Socorro e em fevereiro iremos fazer a licitação para a construção de 600 casas para as famílias que moram na invasão do rio do Sal“, afirma o governador.

Esta é uma obra muito importante para a comunidade do Parque dos Faróis, que já foi beneficiada pelo programa Sergipe Cidades com a pavimentação de 24 ruas. As famílias do Parque dos Faróis não terão mais esgoto correndo nas ruas. Isso é qualidade de vida“, declarou o prefeito de Nossa Senhora de Socorro, Fábio Henrique.

O diretor presidente da Deso, Sérgio Ferrari, lembrou que ações em saneamento básico e distribuição de água garantem saúde à população. “Essa obra vai melhorar a qualidade de vida e de saúde dos moradores do Parque dos Faróis. A gestão Marcelo Déda e Jackson Barreto já investiu mais de R$ 500 milhões em saneamento em Aracaju, Barra dos Coqueiros, Socorro e São Cristóvão. Estamos transformando a região metropolitana na melhor capital do País em termos de saneamento básico. Não existe outra região mnetropolitana no País com essa extensão de esgotamento sanitário. Essa é uma obra que conforma o compromisso do governo com a cidadania e saúde da população“.

Saneamento Básico
Nunca se investiu tanto em saneamento básico e abastecimento de água em Sergipe. A atual gestão estadual já reverteu mais de R$ 1 bilhão nos serviços que levam saúde e desenvolvimento para a população. Na Grande Aracaju, houve a ampliação da rede do sistema de esgoto sanitário em Aracaju e Barra dos Coqueiros, um investimento de R$ 105.153.930,00.

O Governo do Estado executará, por meio da Deso, a implantação do sistema completo de esgotamento em localidades como: Soledade, Lamarão, Jardim Centenário, Bugio, São Carlos, Olaria, Veneza, José Conrado de Araújo, Japãozinho, Alto da Jaqueira e Cidade Nova. Também integram o plano de investimentos os bairros Jabotiana, Ponto Novo, Siqueira Campos e América, conjuntos Costa e Silva, Castelo Branco, Santa Lúcia e Sol Nascente.

Até o final deste ano, Aracaju terá quase o triplo da cobertura de esgoto e ficará em primeiro lugar no ranking de atendimento à população, se comparada às capitais do Norte e Nordeste do País. As intervenções do Governo de Sergipe possibilitarão que a cobertura de esgoto na Grande Aracaju passe nos últimos anos de área de 32 para 90%.

Outras importantes obras que já estão em andamento contempladas no PAC 2 são a ampliação de esgotamento sanitário em São Cristóvão; implantação do esgotamento sanitário em Estância (Praia do Saco); elaboração do projeto executivo do perímetro irrigado Manoel Dionísio; elaboração de projetos de esgotamento em bairros de Aracaju, Itabaiana e Lagarto.

Fonte: Aesbe
Veja mais: http://www.aesbe.org.br/conteudo/9419

Últimas Notícias:
Membrana de nanofiltração

Avaliação de uma membrana de nanofiltração para a remoção de antibióticos da água: um estudo de caso com Sulfametoxazol, Norfloxacina e Tetraciclina

Nesse contexto, o presente estudo avalia a nanofiltração, uma tecnologia de membranas filtrantes, na remoção de três antibióticos largamente consumidos (Tetraciclina, Norfloxacina e Sulfametoxazol) da água. Foi empregada a membrana NF270 (DOW – FilmTec), uma membrana de poliamida com massa molecular de corte de 400 Da que foi avaliada em termos de produtividade e capacidade de remoção dos antibióticos.

Leia mais »