saneamento basico

(MG) 27 municípios recebem R$ 49,6 mi para infraestrututra

O vice-governador Alberto Pinto Coelho autorizou nesta segunda-feira (9), em Divinópolis, no Centro-Oeste Mineiro, a liberação de recursos na ordem de R$ 49,6 milhões para 27 municípios pelo Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). Os recursos são para investimentos em obras de pavimentação e drenagem, aquisição de máquinas e equipamentos, obras de saneamento. Serão liberados R$ 250 milhões até o fim do ano para 138 cidades de Minas. Na região serão contemplados os municípios de Alpinópolis e Piumhi.

O BDMG oferece apoio financeiro ao setor público municipal para viabilizar investimentos em infraestrutura, saneamento, construção de prédios públicos e para a aquisição de máquinas. As linhas são denominadas BDMG Urbaniza, BDMG MAQ, BDMG Cidades e BDMG Saneamento que contam com recursos próprios do banco. Até 2014, serão aplicados cerca de R$ 700 milhões em projetos dessa natureza, que terão também outras fontes.

Em seu pronunciamento, o vice-governador destacou que o programa é mais uma ação do Governo de Minas para promover o desenvolvimento dos municípios. “A previsão é de liberar, até o final do ano, R$ 250 milhões para 138 cidades mineiras, com contrato de financiamento até 30 de dezembro de 2013. O programa é realmente focado nos municípios, pois prefeituras têm alternativas de aplicação. O programa tem uma carência e, naturalmente, os juros são atrativos. O BDMG é um banco hoje voltado para o desenvolvimento basicamente municipal. É algo muito auspicioso e que faz a diferença. Felizmente Minas Gerais, entre os instrumentos que possui, tem um banco de fomento, que pode fazer essa parceria com os municípios”, frisou.

Alberto Pinto Coelho destacou ainda a importância da permanente parceria com os municípios. “Estamos em um momento em que os municípios passam por uma crise mais acentuada como consequência da diminuição dos recursos do FPM (Fundo de Participação dos Municípios). O Governo de Minas em boa hora, em uma sensibilidade política, amplia essa parceria republicana com todos os municípios mineiros”, salientou.

De acordo com o presidente do BDMG, Matheus Carvalho, a parceria com os municípios é fundamental para o banco. “É no município que as coisas acontecem e o banco está preparado para atender as prefeituras. Já liberamos mais de R$ 1,2 bilhão para mais de 500 cidades de Minas Gerais”, destacou.

O secretário de Estado de Governo, Danilo de Castro, salientou que os recursos liberados pelo BDMG vão servir muito a cada um dos municípios dentro da sua necessidade e prioridade. “Graças à vontade política do governador Antonio Anastasia e da sua firmeza em defender os municípios, temos hoje em Minas uma situação singular”, enfatizou.

O secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, disse que Minas Gerais se orgulha de ter um banco de fomento que é exemplo para todo o Brasil. “O BDMG é um banco atuante, competente e ativo, que sempre está pronto para auxiliar as necessidades dos municípios e dos programas de governo”, destacou.

Fonte: Clic Folha
Veja mais: http://www.clicfolha.com.br/noticia/29480/27-municipios-de-minas-recebem-r-496-milhoes-para-infraestrututra

Últimas Notícias:
Membrana de nanofiltração

Avaliação de uma membrana de nanofiltração para a remoção de antibióticos da água: um estudo de caso com Sulfametoxazol, Norfloxacina e Tetraciclina

Nesse contexto, o presente estudo avalia a nanofiltração, uma tecnologia de membranas filtrantes, na remoção de três antibióticos largamente consumidos (Tetraciclina, Norfloxacina e Sulfametoxazol) da água. Foi empregada a membrana NF270 (DOW – FilmTec), uma membrana de poliamida com massa molecular de corte de 400 Da que foi avaliada em termos de produtividade e capacidade de remoção dos antibióticos.

Leia mais »