saneamento basico

As condições de geração de eletricidade no Brasil no mês de fevereiro esteve na bandeira tarifária vermelha, segundo a Aneel

Foi acionada a bandeira tarifária vermelha referente ao mês de fevereiro para todo o País. Se o sistema estivesse valendo, a tarifa sofreria acréscimo de R$ 3,00 para cada 100 kWh consumidos. No caso da bandeira amarela, haveria um acréscimo de R$ 1,50 e para a verde, nenhum valor adicional.

Para facilitar a compreensão das bandeiras tarifárias, 2013 e 2014 foram estabelecidos como anos testes. Em caráter educativo, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulga mês a mês as bandeiras que estariam em funcionamento.
Além disso, as distribuidoras de energia divulgarão, na conta de energia, a simulação da aplicação das bandeiras para o subsistema de sua região. O consumidor poderá compreender qual bandeira estaria valendo no mês atual, se as bandeiras tarifárias já estivessem em funcionamento.

Bandeiras Tarifárias

A partir de 2015, as contas de energia terão uma novidade: o Sistema de Bandeiras Tarifárias. As bandeiras verde, amarela e vermelha indicarão se a energia custará mais ou menos, em função das condições de geração de eletricidade.
Em caráter educativo, a Aneel divulga mês a mês as bandeiras que estariam em funcionamento.
Além disso, as distribuidoras de energia divulgarão, na conta de energia, a simulação da aplicação das bandeiras para o subsistema de sua região. O consumidor poderá compreender então qual bandeira estaria valendo no mês atual, se as bandeiras tarifárias já estivessem em funcionamento.

O sistema possui três bandeiras: verde, amarela e vermelha – as mesmas cores dos semáforos – e indicam o seguinte:
Bandeira verde: condições favoráveis de geração de energia. A tarifa não sofre nenhum acréscimo;
Bandeira amarela: condições de geração menos favoráveis. A tarifa sofre acréscimo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos;

Bandeira vermelha: condições mais custosas de geração. A tarifa sobre acréscimo de R$ 3,00 para cada 100 kWh consumidos.

Veja a qual subsistema o seu estado pertence:

Subsistema Sudeste/Centro-Oeste (SE/CO):Regiões Sudeste e Centro-Oeste, Acre e Rondônia;
Subsistema Sul (S): Região Sul;
Subsistema Nordeste (NE):Região Nordeste, exceto o Maranhão;
Subsistema Norte (N): Pará, Tocantins e Maranhão.

Fonte: PB

Veja mais: http://noticias.portalbraganca.com.br/economia/as-condicoes-de-geracao-de-eletricidade-no-brasil-no-mes-de-fevereiro-esteve-na-bandeira-tarifaria-vermelha-segundo-a-aneel.php

Últimas Notícias:
Saneamento Básico Rio Piracicaba

Mais de 35 milhões serão investidos no saneamento básico de seis municípios das bacias dos rios Piracicaba e Doce

Com o objetivo reduzir o lançamento de esgoto sem tratamento em rios, lagos e demais afluentes e otimizar o sistema de distribuição de água tratada, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piracicaba (CBH Piracicaba) está investindo mais de R$ 35 milhões em projetos e obras de esgotamento sanitário e abastecimento de água para municípios pertencentes à circunscrição hidrográfica.

Leia mais »