4 de abril de 2014

Sabesp admite que não tem solução para falta de água

A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) já admite que não tem solução este ano para o problema da falta de água na Região Metropolitana de São Paulo, inclusive o ABCD. O coordenador do Programa de Mananciais da empresa, Ricardo Araújo, declarou nesta quinta-feira (03/04) que “do ponto de vista de curto prazo, para 2014, não há solução. Temos que tentar manter o abastecimento dentro das restrições”.

Leia mais »

Começa a funcionar o programa reversa de óleos lubrificantes

O Programa Jogue Limpo, que realiza a logística reversa de embalagens de óleos lubrificantes em Alagoas, iniciou oficialmente suas atividades nessa quinta-feira (03). O Programa, que desde a quarta-feira vem mapeando postos de combustíveis do município de Maceió, realizou uma demonstração da logística com resíduos coletados em um posto de combustíveis que já aderiu ao Jogue Limpo.

Leia mais »

SP desonera bens e equipamentos destinados à geração de energia renovável

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinou na semana passada dois Decretos que beneficiam a produção de energia através de fontes renováveis. Os decretos desoneram todos os bens e equipamentos destinados à geração de energia elétrica ou térmica a partir de gás, biogás (biometano), solar fotovoltaica, resíduos sólidos urbanos, biomassa resultante da industrialização e de resíduos da cana-de-açúcar, assim como todos os equipamentos necessários para produção e tratamento de biogás (biometano).

Leia mais »

WEG consolida atuação em energia eólica

Com o contrato para fornecimento de aerogeradores para a Alupar, a carteira de pedidos da WEG, fabricante de motores elétricos e componentes eletroeletrônicos, na área de energia eólica alcançou R$ 530 milhões, segundo o presidente da empresa, Harry Schmelzer Jr. Em entrevista ao Valor PRO, serviço de informações em tempo real do Valor, Schmelzer contou que esse montante considera os cinco contratos nesse segmento firmados desde que entrou nesse negócio, há três anos.

Leia mais »