26 de julho de 2014

Abastecimento de água e a crise do saneamento básico

A crise do abastecimento de água no país, sobretudo no Sudeste, expõe fragilidades na gestão de recursos hídricos e explicita uma grande desarticulação político-institucional entre as esferas de poder que atuam nesse tema: União e Estados, como detentores do domínio das águas e os municípios, responsáveis pelas políticas urbanas e titulares dos serviços públicos de saneamento básico: abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana e drenagem, conforme estabelecido nas Diretrizes Nacionais para o Saneamento Básico.

Leia mais »

Decreto regulamenta revisão nas contas de água e esgoto em Mogi

O prefeito Gustavo Stupp (PDT) assinou decreto na última quarta-feira regulamentando os procedimentos para análise de pedidos de revisão de água e esgoto.Mediante requerimento, o documento aponta que os munícipes agora têm a prerrogativa de requerer, junto à autarquia, a análise das contas emitidas pelo órgão público.

Leia mais »

Aumenta para 108% o número de furtos de água em Cuiabá

Um aumento de 108% em notificações por furto de água foi registrado na Capital só no primeiro semestre. Em um balanço divulgado nesta sexta-feira (25) pela Cab Cuiabá, cerca de 676 proprietários de imóveis foram notificados, sendo que no mesmo período do ano passado foi registrado apenas 326.

Leia mais »

Agência investiga se Sabesp faz racionamento de água à noite

A Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp), órgão do governo que fiscaliza o serviço de água no Estado, apura se a Sabesp tem cortado o fornecimento à noite como uma espécie de rodízio camuflado. A decisão, em meio à crise hídrica do sistema Cantareira, foi tomada após investigação de uma reclamação vinda de uma moradora de Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo. A agência quer saber se há falhas na capital e na região metropolitana. As informações foram publicadas no jornal Folha de S. Paulo.

Leia mais »