saneamento basico
conaut

Os 3 benefícios da medição de água inteligente

Imagem Ilustrativa

A transição para uma medição de água inteligente não é um investimento pequeno. As mudanças tem implicações que podem durar décadas, logo o que deve ser considerado são os benefícios e o retorno positivo dos investimentos.

No centro das mudanças estão os medidores de vazão ultrassônicos com telemetria de baixo custo. Estes medidores vêm conquistando espaço no mercado pela eficiência, precisão e economia de mão de obra. Por mais que essas atualizações beneficiem as concessionárias com uma melhor gestão operacional do uso da água, também melhorarão significativamente a vida dos clientes e dos funcionários.

Gostaríamos de focar nas 3 principais vantagens da atualização para uma Infraestrutura de Medição Avançada (IMA) para ajudá-lo a entender o impacto da implementação de um novo sistema.

  1. Controle operacional aprimorado
  2. Suporte ao cliente
  3. Sustentabilidade

Controle operacional e comercial aprimorado

Existem 3 pontos de melhoria significativa: a identificação de casos de vazamento, precisão da medição e redução de água não faturada. Os dados coletados permitem que a equipe operacional analise a eficiência do uso da água de um medidor, otimizando a entrega com base nos padrões de uso. Esses padrões servirão de base para que as concessionárias possam planejar e desenhar suas redes com mais eficiência.

Conaut

É importante observar que a coleta desses dados é automatizada e, não há necessidade de coleta manual de dados de cada medidor.

O medidor de água inteligente com telemetria (IoT) pode rastrear em tempo real: o consumo de água; anomalias de vazão e pressão e identificação de vazamentos e fraudes remotamente. Deste modo, a equipe operacional pode focar suas prioridades em lidar com a correção de problemas antes que haja maiores prejuízos.

Uma das prioridades é reduzir a água não faturada. As concessionárias podem responder proativamente a problemas com base nos dados em tempo real recebidos pela rede. Dependendo dos medidores utilizados, as concessionárias podem controlar a pressão da água e enviar uma equipe que possa identificar, reparar e evitar mais perdas.


LEIA TAMBÉM: Segurança hídrica: perda de água na distribuição chega a mais de 40% no Brasil

Soluções e suporte remoto

 Além disso, os prestadores de serviço podem oferecer informações sobre qual pode ser a causa antes mesmo de uma equipe de manutenção estar no local. Além de analisar a vazão atual dos medidores de água inteligentes, eles também conseguem analisar dados históricos para solucionar um problema recorrente.  Algumas perguntas de acompanhamento por telefone com base na interpretação dos dados é o suficiente para que o atendente da concessionária possa resolver o problema diretamente com o cliente e evitar o envio de uma equipe.

Protegendo o meio ambiente e a sustentabilidade dos recursos

Embora coletar dados e ajudar os clientes seja o objetivo principal das concessionárias, uma IMA também aumenta a eficiência da gestão de recursos hídricos.

Com medidores inteligentes, é possível rastrear tempos de uso mais altos e mais baixos e, portanto, ajustar seu consumo de água. Não estamos falando apenas de hidrômetros residenciais, isso se aplica a áreas públicas, industriais e agrícolas que podem usar esses dados para aumentar sua eficiência hídrica e estabelecer metas de economia mais agressivas.

Outra vantagem de receber os dados remotos é que há menos necessidade de uma visita regular de um representante da concessionária para verificar os medidores, exigindo menos viagens de carro, reduzindo diretamente os custos de combustível e as emissões de carbono.

Por fim, uma nova infraestrutura com acesso remoto melhora os padrões de segurança e saúde para funcionários e clientes. Capturar pequenos vazamentos antes que se tornem maiores reduz os danos às fundações de edifícios, estradas e casas. Também pode evitar a exposição desnecessária de funcionários a condições climáticas extremas, evitar acidentes com veículos e possíveis lesões no trabalho.

Todos esses benefícios levam a um resultado importante: economia financeira. A Medição Avançada gera dados e análises importantes para definir estratégias de longo prazo para o consumo de água, com ações focadas em segurança e confiabilidade da rede. Tais estratégias são determinantes para a sustentabilidade dos recursos hídricos.

Essas melhorias demonstram que a atualização para uma Infraestrutura de Medição Avançada gera um retorno rápido e positivo dos investimentos e, consequentemente, levanta um marco na conservação dos recursos hídricos.

Fonte: Conaut.

Últimas Notícias:
Descarte Correto de Resíduos

Saiba como descartar resíduos corretamente e evitar doenças como a dengue

Além de crime ambiental, o descarte irregular de resíduos sólidos traz diversos prejuízos ao meio ambiente e à população. Estes pontos se tornam ambientes propícios para a proliferação de vetores de doenças, levando às situações de alagamentos em período de chuva, comprometendo a qualidade do ambiente e da paisagem do local, além de gerar o aumento dos custos públicos com a remoção do material descartado de forma incorreta e também dos gastos com saúde pública.

Leia mais »
Contrato Sabesp Vale do Paraíba

Novo contrato da Sabesp prevê aporte de R$ 18,6 bilhões no Vale do Paraíba até 2060

Atualmente em consulta pública, o novo contrato da Sabesp encontra-se em processo de desestatização, proposto pelo governo do estado de São Paulo. Os investimentos estão previstos em R$ 18,6 bilhões até o ano de 2060, no Vale do Paraíba e Litoral Norte. Cerca de R$ 5 bilhões serão destinados à universalização do saneamento básico nas 28 cidades atendidas pela Sabesp na região até 2029. As obras que pretendem levar água potável, coleta e tratamento de esgoto para toda a população, foram definidas com as prefeituras.

Leia mais »
Dmae Fumaça Ligações Irregulares

Dmae de Uberlândia/MG vai iniciar testes de fumaça para identificar ligações irregulares de esgoto

A partir da próxima segunda-feira (4), o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) iniciará testes de fumaça para detectar ligações irregulares na rede de esgoto do município. O primeiro bairro atendido será a região do bairro Pampulha. O local em questão foi escolhido para iniciar os trabalhos devido ao grande número de chamados para desobstrução de rede, especialmente em período de chuva. Futuramente, outros bairros da cidade receberam os mesmos testes.

Leia mais »
Manejo de Resíduos Biometano Brasileiro

Ao custo global de R$ 3,1 tri, manejo de resíduos pode virar negócio, como o biometano brasileiro

Segundo alerta feito pela ONU nesta quarta-feira, 28, o volume de resíduos no mundo, que atingiu 2,3 bilhões de toneladas em 2023, continuará crescendo exponencialmente, até 3,8 bilhões de toneladas até meados deste século. A crise será ainda mais grave nos países onde os métodos de tratamento ainda são poluentes: aterros sanitários (contaminação do solo, emissões de poluentes e gases de efeito estufa, como o metano) e incineração sem recuperação.

Leia mais »
Sanasa Campinas Saneamento Básico

Campinas tem saneamento superior à média nacional

Dados do “Censo 2022: Características dos domicílios – Resultados do universo”, publicados na sexta-feira (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) confirmam a elevação dos indicadores de moradores com acesso ao saneamento básico em Campinas.

Leia mais »