saneamento basico
drenagem

PAC mobilidade: Prefeitura de Macapá/AP trabalha em duas frentes para intensificar serviço de drenagem

Como forma de intensificar os serviços, a Prefeitura de Macapá está com duas frentes de trabalho para a instalação das tubulações do novo sistema de drenagem de águas pluviais. 

A obra contou com a articulação do presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre. Nesta primeira etapa, o valor é de R$ 36.819.395,38, mais contrapartida do Município, de cerca de R$ 6 milhões.

A obra é do 1º eixo do PAC Mobilidade, que irá fazer a restruturação e organização do sistema de transporte urbano do município. As equipes atuam na Rua Claudomiro de Moraes, bairro Buritizal; e na Rua Hildemar Maia, no Santa Rita.

Nesta  primeira etapa, compreende o eixo – Rua Claudomiro de Moraes à Av. Clodovil Coelho; Av. Treze de Setembro, entre as ruas Claudomiro de Moraes e Hildemar Maia; Av. Clodovil Coelho, entre as ruas Claudomiro de Moraes e Santos Dumont; Rua Hildemar Maia, entre as avenidas Antônio Coelho de Carvalho e Treze de Setembro; e Av. Santos Dumont, entre as avenidas Antônio Coelho de Carvalho e Clodovio Coelho.

LEIA TAMBÉM: GOVERNO FEDERAL LIBERA R$ 38,7 MIL PARA DRENAGEM URBANA NA ZONA NOROESTE DE SANTOS/SP

Sistema de Drenagem

No primeiro momento, reforçamos a equipe para concluir a instalação dos tubos na Rua Hildemar Maia, para preparar o lançamento das águas, que será no canal do Beirol.

Após isso, estamos dando continuidade à colocação da tubulação da rede de captação. Além da continuação na Hildemar Maia, voltamos para a Rua Claudomiro de Moraes, dando mais agilidade na obra, explica o secretário adjunto de Governo, David Covre.

A prefeitura informa que entende os transtornos causados pela obra e pede a compreensão dos transeuntes. Neste primeiro eixo, serão feitos os serviços de drenagem profunda e superficial, instalação de nova iluminação, construção de parque linear, calçadas padronizadas e meio-fio.

Fonte: Macapá.

Últimas Notícias:
greenTalks Sustentabilidade de Embalagens

greenTalks entrevista Bruno Pereira, CEO da Ecopopuli, sobre sustentabilidade de embalagens

O segundo episódio da temporada 2024 do videocast greenTalks – uma iniciativa pioneira entre a green4T e NEO MONDO para discutir o papel fundamental da tecnologia na promoção de um futuro mais sustentável – tem como entrevistado especial Bruno Pereira, Especialista em Sustentabilidade Positiva, Líder do Comitê de Sustentabilidade da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) e CEO da Ecopopuli.

Leia mais »
Gestão Resíduos Sólidos Urbanos

Estudo aponta caminhos para a gestão de resíduos sólidos urbanos

Apenas a cidade de São Paulo produz cerca de 20 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU) todos os dias, sendo 12 mil domiciliares e 8 mil da limpeza urbana, decorrentes de atividades de varrição, recolhimento de restos de feiras, podas e capinas. Considerando somente as 12 mil toneladas produzidas nas residências, isso dá uma média de aproximadamente 1 quilo de lixo por habitante ao dia.

Leia mais »
Lei do Bem Cagece

Lei do Bem: Cagece alcança R$ 3,6 milhões em benefícios fiscais através de investimentos em projetos de inovação tecnológica

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) é pioneira no Ceará em aliar os investimentos em projetos de inovação tecnológica e transformá-los em benefícios fiscais. Por meio da chamada “Lei do Bem” (nº 11.196/2005), a companhia conseguiu rastrear e inserir junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação um total de R$ 17 milhões, aportados em projetos de inovação nos últimos três anos, rendendo um retorno total de R$ 3,6 milhões em benefícios.  

Leia mais »
Política de Gerenciamento Resíduos Sólidos

Política de gerenciamento de resíduos sólidos em instituições públicas

O presente estudo aborda a problemática ambiental da geração de resíduos sólidos e a inadequação do gerenciamento destes nas instituições públicas. Considerando as limitações das opções de destinação final para os resíduos, é imprescindível minimizar as quantidades utilizadas dentro destas organizações por meio da redução, reutilização e reciclagem. Diante da Política Nacional de Resíduos Sólidos e em consonância com a agenda 2030, busca-se contribuir e apontar caminhos para o enfrentamento da grave questão.

Leia mais »