saneamento basico

PBH abre licitação para consultoria em obras em três bacias

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) abriu licitação para serviços técnicos de consultoria a projetos que serão realizados nas bacias do Ribeirão do Onça, da Pampulha e do Córrego Cachoeirinha, nas regiões Norte e Nordeste da capital.

Segundo a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura, o objetivo é otimizar o sistema de drenagem das três áreas para evitar inundações nas avenidas Cristiano Machado e Bernardo Vasconcelos e nos bairros Belmonte, Ouro Minas, Ribeiro de Abreu, Novo Aarão Reis.

De acordo com o site BH Metas e Resultados da prefeitura, os projetos foram concluídos em 2015. A ideia é implantar um parque ao longo do Ribeirão do Onça, em trecho entre término da canalização e a Estação de Tratamento de Esgoto da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa).

Ainda segundo o site, a construção de 576 unidades habitacionais para reassentamento de famílias em área de risco também está prevista. Ela seria feita através do programa Minha Casa Minha Vida.

A licitação aberta no último sábado (17) é para consultoria técnica e jurídica destes projetos. O edital está na Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), na Avenida do Contorno, 5.454, no bairro Funcionários, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

A previsão é que as obras sejam entregues em 2019.

As bacias da Pampulha, do Onça e do Cachoeirinha também sofrem com a sujeira e mau cheiro.

Fonte: G1
Foto: Arquivo G1/Pedro Triginelli

Últimas Notícias:
Projetos ESG Resultados no Saneamento

Projetos ESG e seus resultados no saneamento

Projetos ESG são práticas adotadas por empresas com base em critérios ambientais, sociais e de governança corporativa. A implementação bem-sucedida de projetos ESG reduz riscos e impactos sociais, ambientais e financeiros das operações. Dessa forma, atraem investidores e contribuem para a sustentabilidade das atividades.

Leia mais »
Descarte Correto de Resíduos

Saiba como descartar resíduos corretamente e evitar doenças como a dengue

Além de crime ambiental, o descarte irregular de resíduos sólidos traz diversos prejuízos ao meio ambiente e à população. Estes pontos se tornam ambientes propícios para a proliferação de vetores de doenças, levando às situações de alagamentos em período de chuva, comprometendo a qualidade do ambiente e da paisagem do local, além de gerar o aumento dos custos públicos com a remoção do material descartado de forma incorreta e também dos gastos com saúde pública.

Leia mais »
Contrato Sabesp Vale do Paraíba

Novo contrato da Sabesp prevê aporte de R$ 18,6 bilhões no Vale do Paraíba até 2060

Atualmente em consulta pública, o novo contrato da Sabesp encontra-se em processo de desestatização, proposto pelo governo do estado de São Paulo. Os investimentos estão previstos em R$ 18,6 bilhões até o ano de 2060, no Vale do Paraíba e Litoral Norte. Cerca de R$ 5 bilhões serão destinados à universalização do saneamento básico nas 28 cidades atendidas pela Sabesp na região até 2029. As obras que pretendem levar água potável, coleta e tratamento de esgoto para toda a população, foram definidas com as prefeituras.

Leia mais »
Dmae Fumaça Ligações Irregulares

Dmae de Uberlândia/MG vai iniciar testes de fumaça para identificar ligações irregulares de esgoto

A partir da próxima segunda-feira (4), o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) iniciará testes de fumaça para detectar ligações irregulares na rede de esgoto do município. O primeiro bairro atendido será a região do bairro Pampulha. O local em questão foi escolhido para iniciar os trabalhos devido ao grande número de chamados para desobstrução de rede, especialmente em período de chuva. Futuramente, outros bairros da cidade receberam os mesmos testes.

Leia mais »
Manejo de Resíduos Biometano Brasileiro

Ao custo global de R$ 3,1 tri, manejo de resíduos pode virar negócio, como o biometano brasileiro

Segundo alerta feito pela ONU nesta quarta-feira, 28, o volume de resíduos no mundo, que atingiu 2,3 bilhões de toneladas em 2023, continuará crescendo exponencialmente, até 3,8 bilhões de toneladas até meados deste século. A crise será ainda mais grave nos países onde os métodos de tratamento ainda são poluentes: aterros sanitários (contaminação do solo, emissões de poluentes e gases de efeito estufa, como o metano) e incineração sem recuperação.

Leia mais »
Sanasa Campinas Saneamento Básico

Campinas tem saneamento superior à média nacional

Dados do “Censo 2022: Características dos domicílios – Resultados do universo”, publicados na sexta-feira (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) confirmam a elevação dos indicadores de moradores com acesso ao saneamento básico em Campinas.

Leia mais »